Saúde da Mulher: técnica do pompoarismo previne doenças e fortalece relacionamentos

Divulgação

Você conhece o pompoarismo? A técnica milenar é oriunda antes do cristianismo, quando tinha o objetivo de preservar os órgãos sagrados por promover a vida. Ao longo do tempo, essa prática foi sendo aprimorada e descobriu-se diversos benefícios para a saúde feminina.

A pompoarista Carol Ribeiro explica que é uma ginástica íntima oriental, cujo objetivo é fortalecer a musculatura da vagina e de toda a região pélvica, inclusive o ânus. “Entre os benefícios estão a redução dos dias de período menstrual, redução de cólicas menstruais, redução de infecções vaginais e urinárias, cura de incontinência urinária e fecal, prevenção e tratamento de prolapso uterino (queda do útero)”, orienta.

Independente da faixa etária, a queda de bexiga pode ocorrer nas mulheres durante um espirro ou gargalhadas. O pompoarismo também auxilia na prevenção e tratamento desse sintoma. Além disso, ajuda a regular os hormônios do corpo, aliviando os sintomas da TPM e da menopausa (alivia inclusive o calorão da menopausa), propicia aumento da libido, cura o ressecamento vaginal e ajuda a regular o funcionamento do intestino.

As mulheres que praticam o pompoarismo só falam em benefícios para a saúde e relação com o parceiro. “A vagina é formada por músculos. Ao realizar os exercícios, é possível ter total controle da musculatura vaginal, levando vida independente ao canal vaginal”, completa a pompoarista.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR