Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Moro acredita em, pelo menos, uma votação do pacote anticrime até junho

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Sérgio Moro, ministro da Justiça, afirma acreditar que o pacote anticrime deve ser votado em, pelo menos, uma das duas casas legislativas, Câmara ou Senado, ainda no primeiro semestre de 2019.

Durante evento da Câmara Internacional de Comércio (ICC Brasil), o ministro afirmou que isa votação vai ser um grande avanço em termo de Legislação. A entidade divulgou uma das primeiras ações da campanha “O Brasil quer mais” (BR+).  A iniciativa procura mobilizar o setor privado e melhorar a inserção internacional no Brasil, para recuperar a credibilidade e aumentar a inovação.

Moro acredita, também, que há uma percepção dos empresários, hoje, que a corrupção é ruim para os negócios, pensamento inexistente cinco anos atrás. “Não só porque envolve desvios e crimes contra administração pública, mas igualmente é ruim para as empresas porque envolve também práticas comerciais desleais e trapaça”, afirma.

Pesquisa divulgada pelo Datafolha aponta que as principais propostas de Jair Bolsonaro para segurança pública fazem parte do pacote de Moro e não têm o apoio populacional. 64% dos brasileiros acredita que o posse de armas deve ser proibida e 72% da população não se sente segura com pessoas armadas para se proteger.

Além disso, 81% avaliam que a polícia não pode atirar em suspeitos para evitar que atinjam inocentes, 79% acreditam que policiais que matam devem ser investigados e 82% afirmam que, quem atira em alguém por estar nervoso deve ser punido.

A segurança pública, ao lado do combate à corrupção, foi a grande bandeira da campanha de Bolsonaro.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas