Ex-deputado Carlos Araújo morre aos 79 anos em Porto Alegre

Divulgação

Morreu no início da madrugada deste sábado (12), em Porto Alegre, Carlos Franklin Paixão Araújo, ex-deputado e ex-marido da presidente Dilma Rousseff. Ele tinha 79 anos e as causas da morte não foram divulgadas.

Carlos estava internado desde o dia 25 de julho no Hospital São Francisco, Santa Casa de Misericórdia. No último dia 28 foi repassada a informação que Carlos teria deixado a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), segundo o site G1.

Publicidade

Araújo era advogado trabalhista. Nos anos 50 se juntou a Juventude Comunista, e já durante a ditadura ajudou a formar uma organização contra o regime militar, ao lado de colegas como Dilma Rousseff com quem viria a se casar.

O casamento durou mais de 20 anos e juntos tiveram uma única filha, Ana Paula. Ainda separados, os dois mantiveram bom relacionamento e se encontravam com frequência na capital gaúcha durante o período em que Dilma ocupou a Presidência.

Araújo foi eleito deputado estadual na década de 1980 pelo PDT, partido que ajudou a montar. A carreira política foi abandonada em 2000.

Dilma Rousseff ainda não se manifestou sobre a morte do ex-companheiro.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR