Pai com câncer terminal passa últimos dias procurando família adotiva para filho

Foto: Reprodução Facebook

Um pai solteiro com câncer em estado terminal resolveu procurar uma família adotiva para o filho de apenas quatro anos. Nick Rose morava na Inglaterra e lutava contra um câncer no pulmão e nos ossos há nove meses. A atitude era considerada por ele como uma oportunidade para o filho Logan.

A criança foi entregue para uma família adotiva após a morte do pai no último dia 3. A família de Nick agora encontra dificuldades para pagar as despesas do funeral e precisa de dinheiro para comprar o material escolar de Logan e criar uma poupança para a criança. Os amigos criaram uma página para receber as doações para o funeral, bem como para “garantir um bom começo de nova vida para Logan”.

Em entrevista a um jornal local, Amy Crompton, amiga da família, disse que a mãe de Logan abandonou a família logo após o nascimento do garoto. Ao falar de Nick, ela explica que o rapaz era “apenas um pai querendo o melhor para o filho”.

“Um excelente pai, muito dedicado. Após o diagnóstico da doença, teve que se manter mais forte ainda” conclui.

Foto: Reprodução Facebook
Foto: Reprodução Facebook

 

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR