Ataque perto de mesquita é tratado como terrorismo e polícia de Londres prende 1

REUTERS / James Cropper

A polícia de Londres afirmou que um suspeito foi detido, em um aparente ataque com uma van que atropelou pessoas que saíam de uma mesquita. A polícia disse que o incidente do início desta segunda-feira (hora local) tem as “marcas” de “terrorista”. Segundo ela, o suspeito foi rápida e calmamente detido pelas autoridades. Ninguém mais foi encontrado na van, informaram as forças de segurança. Uma pessoa morreu e oito ficaram feridas com gravidade.

A premiê do Reino Unido, Theresa May, afirmou que irá realizar na manhã desta segunda-feira uma reunião de emergência para responder ao ataque. “Meus pensamentos todos estão com as vítimas, suas famílias e os serviços de emergência no local”, disse ela. Segundo a secretária de Interior britânica, Amber Rudd, desde o primeiro momento o episódio foi tratado como suposto ataque terrorista pelas autoridades.

O líder do oposicionista Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, afirmou estar “completamente chocado” com o aparente ataque.

O diretor da Mesquita Finsbury Park, Mohammed Kozbar, reclamou que a imprensa mais importante do país relutava em qualificar o acidente como terrorista durante muitas horas. Kozbar disse que o ataque foi “covarde”. Fonte: Associated Press.

Fonte: Estadao Conteudo

Publicidade

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR