Siga o Jornal de Brasília

Hashtag Cinema

Revisitando bons filmes: Um Mergulho no Passado

Há algum tempo, um remake era restrito apenas aos filmes antigos. Pois em sua concepção original, era um gênero que carecia de efeitos especiais, algo que o cinema novo pode remediar. Outros apenas por ego ou luxo, como o herege Psicose, de Gus Van Sant. Outro critério que determina refazer uma obra clássica é o tempo, porque alguns ganharam uma releitura 50 anos após seu lançamento.

Porém, esse termo tem diminuído em Hollywood. Filmes que há 10 anos aterrissavam no cinema, já ganham uma repaginada. Como se não bastasse uma revisão no acervo de longas-metragens arcaicos, Hollywood aventura na Europa, trazendo películas estrangeiras para território americano. Um exemplo? Deixa Ela Entrar, adaptação sueca do livro de mesmo nome, ganhou uma versão americana chamada Deixe-me Entrar.

Um Mergulho no Passado, é um exemplo dessa tradução. Tanto devido ao tempo quanto ao continente. O longa-metragem é revisão do francês La Piscine, de Jacques Deray, lançado em 1969. A diferença deste filme é que, além do elenco imensamente talentoso, ele é encabeçado por Luca Guadagnino, um diretor italiano com um senso de narrativa histérico.

Elenco de ouro. Foto – Divulgação

O remake mostra o repouso de Marianne (Tilda Swinton), uma estrela do rock com tons de wannabe David Bowie, após uma cirurgia nas cordas vocais. A cantora passa seu descanso em uma casa na Itália, ao lado de Paul (Matthias Schoenaerts), seu atual marido. Com a chegada de Harry (Ralph Fiennes) e sua filha, Penélope (Dakota Johnson), toda a paz e estabilidade emocional do casal desaparece porque Harry ainda guarda mágoas do término com Marianne.

Tilda Switon e Matthias Schoenaerts. Foto – Divulgação

Incontestavelmente, a direção de Guadagnino fortalece a obra. Mais do que ninguém do elenco conhece o degradé do ritmo cinematográfico europeu. Já que Um Mergulho no Passado é habituado na Itália, nada mais coerente do que parafrasear o brilhantismo de Fellini, que aparece nos resquícios da personalidade de Harry ao retratar sua alienação, seu charme e seu bom gosto artístico. Além nessa alegoria sutil, o cineasta consegue – numa dosagem magnífica – permear características do cinema americano e italiano, o que complica o discernimento da ironia e do drama.

O jeito Fellini de ser: Luca Guadagnino no comando de Um Mergulho no Passado. Foto – Divulgação

O elenco

Kristen Stewart, na época de Crepúsculo, era apedrejada nas redes sociais por suas atuações apáticas e uniformes. O problema não era o método teatral de Stewart, mas a personagem que carregava. Ao se libertar da saga defeituosa, a atriz surpreendeu com Acima das Nuvens, atuando com Juliette Binoche. O mesmo pode ser dito de Dakota Johnson – protagonista de Cinquenta Tons de Cinza ou Sra. Grey – que agarra com intensidade a personalidade cínica de Penélope. Johnson mostrou apatia paralelamente com preocupação e desprezo sem dificuldade.

Dakota Johnson seria a maior supresa do filme? Foto – Divulgação

A assombrosa Tilda Swinton transcende talento mesmo muda. Ao seu lado, Matthias Schoenaerts mostra a segurança que uma estrela do rock tanto deseja. E para finalizar, Ralph Fiennes como Harry entra em cena engolindo todo o restante do elenco. Fiennes que sempre teve habilidade descomunal para um estorvo dramático, expõe um lado nunca visto: o cômico e eufórico. Personagem bem delineado é aquele em que cada traço do seu caráter é transparente em tela. O ator entrega com tanta clareza, que alguns momentos é possível desejar um desfecho trágico devido sua construção complexa.

Ralph Fiennes em Um Mergulho do Passado. Pura energia. Foto – Divulgação

Um Mergulho no Passado é colorido, eufórico e assustadoramente divertido. Conseguir unir o cinema europeu com o americano é um desafio que sempre resulta em desastre, diferente deste filme, que tem um diretor entendido do que foi a Itália felliniana na era dourada do cinema de arte.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas