BRASÍLIA - Quinta

14ºMIN30ºMAX

BRASÍLIA - Sexta

16ºMIN31ºMAX

BRASÍLIA - Sábado

18ºMIN27ºMAX

BRASÍLIA - Domingo

18ºMIN30ºMAX

BRASÍLIA - Segunda

21ºMIN30ºMAX

Futebol.

Publicação: Quarta-feira, 12/03/2014 às 16:20:00
A+A-
Seja o primeiro a comentar

Racismo no futebol brasileiro é reflexo da sociedade, afirma Raí

Combatido pela Fifa e outras entidades esportivas, atos racistas ganharam as manchetes do futebol na última semana. Ídolo do São Paulo e campeão mundial pela Seleção Brasileira em 1994, o ex-meia Raí acredita que episódios como as ofensas dirigidas ao volante Arouca, do Santos, durante partida em Mogi Mirim, não estão restritas aos estádios.

“O futebol, como esporte mais popular do país, tem um lado positivo e outro preocupante. Se isso está acontecendo nos estádios, é porque acontece também na sociedade”, afirmou Raí em evento realizado no Museu do Futebol.

Segundo o ex-jogador, as “punições exemplares” que estão sendo tomadas pelas autoridades são a solução para coibir o racismo no esporte. No caso de Arouca, o Mogi Mirim teve o estádio Romildo Vitor Gomes Ferreira, o Romildão, interditado por tempo indeterminado.

“Se possível, é preciso individualizar essas punições também. Ir atrás, investigar quais são os grupos que incentivam isso. Quando a punição no futebol é exemplar, a repercussão para que isso (racismo) seja coibido é muito maior. Se passar impune no futebol, com certeza passará impune na sociedade”, disse.

Além do episódio envolvendo Arouca, outros dois casos foram registrados nos últimos dias. No Campeonato Gaúcho, o árbitro Márcio Chagas da Silva foi xingado e encontrou bananas sobre o seu carro após o jogo entre Esportivo e Veranópolis, em Bento Gonçalves. Mandante, o Esportivo será julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul, e pode ser punido com a perda de até nove pontos.

Assis, lateral do Uberlândia, foi ofendido por um membro da torcida do Mamoré durante partida do Módulo 2 do Campeonato Mineiro. A injúria racial foi confirmada por outras pessoas presentes no estádio Bernardo Queiroz, em Patos de Minas, e o torcedor foi preso.

Fonte: Gazeta Esportiva

Seja o primeiro a comentar.
ComentarComentar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Serviços.

Assinatura

Tenha seu jornal sempre na mão

Confira nossa Edição Digital

Classificados

Encontre o que você procura

Empregos

Temos um trabalho para você

Hoje temos 618 vagas disponíveis