BRASÍLIA - Quarta

15ºMIN30ºMAX

BRASÍLIA - Quinta

14ºMIN30ºMAX

BRASÍLIA - Sexta

16ºMIN31ºMAX

BRASÍLIA - Sábado

18ºMIN27ºMAX

BRASÍLIA - Domingo

18ºMIN30ºMAX

Do Alto da TorreEduardo Brito

Publicação: Terça-feira, 26/08/2014
A+ A-

Caesb jogará duro contra invasores

 

A Caesb não pretende deixar impune a invasão do gabinete de sua presidência e a agressão ao presidente Oto Silvério Guimarães Júnior, que foi inclusive detido como refém quando negociava reajuste salarial com os funcionários. A procuradoria e a corregedoria da empresa já foram acionadas. A ideia é abrir todos os processos possíveis, tanto na esfera penal quanto na cível e na disciplinar interna. Oto Guimarães (foto) chegou a ser ameaçado de morte. Quando deixava o edifício para entrar em seu carro foi atingido com socos nas costas. Também um dos policiais militares que coibiram a invasão foi agredido e registrou o incidente na delegacia de Águas Claras.

 

Origens partidárias

 

Assegura-se na Caesb que o incidente tem, sim, raízes políticas. Os dirigentes sindicais apontados como responsáveis pela invasão vinculam-se a partidos de esquerda, em especial ao PSTU, que faz oposição ao PT tanto a nível nacional quanto a nível local.

 

Desafio matemático

 

Cybele Mara, candidata a distrital pelo PRTB, divulgou pela internet a sua biografia. Dela consta que, desde menina, “mostrou seu sangue guerreiro, ajudando sua mãe”. Além disso, relata fato inédito. É a “filha do meio de uma família de seis irmãos”. 

 

Para preservar o Cine Drive In

 

O GDF pode comprar mais uma briga com a deputada Eliana Pedrosa. Ela é terminantemente contra a ideia de transformar o Cine Drive In em estacionamento, como quer o governo. Relatora do PL que propõe dar o titulo de patrimônio cultural e material ao cinema ao ar livre, ela argumenta que o espaço o último do gênero no Brasil e que segue atendo a uma alta demanda das famílias candangas. “Este governo é campeão em decepcionar as pessoas do DF. É inconcebível tirar dos moradores um espaço tradicional de diversão das famílias”, disse Eliana.

 

Compensação 

 

O distrital Robério Negreiros quer tornar obrigatório às empresas fornecedoras dos serviços de acesso à internet, no Distrito Federal, a compensação, por meio de abatimento ou ressarcimento, da interrupção de serviços ou recebimento de velocidade abaixo da contratada. Embora seja duvidosa a constitucionalidade da medida, por estar em âmbito federal, a ideia pode trazer resultados.

 

Só nas panfletagens

 

Toninho Andrade, o Toninho do PSOL, tem evitado percorrer feiras ou falar em entidades profissionais, como fazem seus adversários. Sua campanha tem se prendido quase exclusivamente a panfletagens nas ruas. Hoje, começa cedo, às 7h30, na Esplanada dos Ministérios, à saída da Tenda do Servidor. Depois, irá ao  Hospital Anchieta e, já à noite, à Unieuro, no Setor de Embaixadas Sul,

 

Falar de estrias pela internet é uma fria

 

Até quem fala de tratamento de beleza pela internet corre perigo. Uma brasiliense que buscou tratamento de estrias com médico do Distrito Federal deverá indenizá-lo em R$ 5 mil por difamação em fórum na web. Na rede, a ré teria lhe atribuindo o uso de lábia e "conduta antiética" para "seduzir pacientes a se submeterem a tratamentos ineficazes visando apenas ao lucro". Para a 4ª turma cível do Tribunal de Justiça do DF, a paciente "extrapolou o seu direito de manifestação no momento em que passou a ofender o profissional, denegrindo a sua personalidade como pessoa e enquanto médico no exercício de sua profissão".

 

Tratamento incompleto

 

Ao recorrer à Justiça, o médico conta que foi procurado pela ré em sua clínica, em junho de 2005, para tratar de suas estrias. O médico informou que o tratamento demoraria de seis meses a um ano, de acordo com a condição de cada paciente, e foi acertada, inicialmente, a realização de quatro sessões de um procedimento conhecido como transcisão. A paciente, contou o médico, realizou apenas duas, deixando de comparecer nas demais consultas, apesar de insistentemente cobrada por telefone. A ré na internet criou o fórum "Tratamentos Ineficazes contra Estrias", com o intuito, conforme explicitou, de que "as pessoas deixem os depoimentos de médicos que nos enganam com falsas promessas e tratamentos ineficazes". Em uma das mensagens, a ex-paciente diz: "Quero deixar aqui gravado que fiz um tratamento com um dermatologista famoso que de nada adiantou e me deixou cheia de manchas”. Citou várias vezes o nome do médico.

 

Reclamar pode, insultar, não

 

O Tribunal de Justiça considerou que "A ré tem o direito de divulgar a sua insatisfação com o tratamento a que foi submetida, bem como o resultado obtido. Mas se excedeu ao atribuir ao autor uma conduta desonrosa, antiética, ali descrita como de um profissional que se utiliza de 'lábia', prometendo resultados milagrosos, visando obter lucro financeiro, sem se preocupar com o resultado satisfatório de seus tratamentos", destacou o relator do recurso, desembargador Antoninho Lopes.

 

Tá falado

 
"O Distrito Federal precisa de uma segurança com tolerância zero. O povo é sempre grato ao político por suas boas ações. É uma pena que o político não demonstre gratidão ao povo com suas atitudes.", Laerte Bessa, ex-diretor da Polícia Civil do DF e ex-deputado federal
 
 
 

 

Serviços.

Assinatura

Tenha seu jornal sempre na mão

Confira nossa Edição Digital

Classificados

Encontre o que você procura

Empregos

Temos um trabalho para você

Hoje temos 618 vagas disponíveis