Show curto e intenso marca primeira passagem da banda Evanescence por Brasília

Foto: Divulgação

Eric Zambon
eric.zambon@jornaldebrasilia.com.br

A conexão entre o Evanescence e seu público acontece exclusivamente pela música. Apesar de carismática, a vocalista e líder da banda, Amy Lee, não hasteia bandeiras do Brasil ou se joga para a galera a cada cinco minutos. Na primeira passagem pelo grupo por Brasília, na noite desta quinta-feira (20), o espaço NET Live vibrou com a voz grave e poderosa da cantora norte-americana, sem presepada. Apenas a música.

O maior sucesso da banda, o álbum Fallen, de 2003, preencheu boa parte do setlist de 20 canções na noite. Em cerca de 1h30 de apresentação, o Evanescence não trouxe novidades em relação aos shows do ano passado, mas deixou tudo de si no palco. Além dos sucessos Going Under e Bring Me to Life, ambos de Fallen, o destaque foi o cover de Dirty Diana, no encerramento. A canção é um clássico pop de Michael Jackson, entretanto ficou interessante em versão metal.

O Evanescence segue para o Rio de Janeiro e termina a turnê pelo Brasil em São Paulo, no próximo dia 26.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR