Confira programação para curtir o feriadão

Divulgação

Ícaro Andrade
icaro.andrade@jornaldebrasilia.com.br

Este é o feriado das comemorações. Brasília faz 57 anos e o PicniK completa 5. Gratuito, itinerante, diurno, divertido, zen, para toda a família, o evento representa o espírito de seu tempo, o que é ser brasiliense hoje em dia. Para celebrar as duas datas especiais, a festa democrática ocupa hoje os gramados do Estacionamento 4 (em frente ao Gibão) do Parque da Cidade (Asa Sul), das 13h às 22h. A entrada é franca.

Publicidade

Combinação de festa ao ar livre com mercadinho de artistas da cidade, o foco do PicniK é na produção criativa local, especialmente moda, design e gastronomia. Com uma programação complementar farta, pelo palco do evento já passaram dezenas de atrações, de rock e música eletrônica, nacionais e internacionais. As oficinas, debates e workshops abordam temas que vão de empreendedorismo a bem-estar, da educação infantil à preservação do meio ambiente.

De 2012 a 2016 foram realizadas 25 edições, somando quase 300 horas de programação e reunindo um público circulante estimado em 255 mil pessoas. Participaram do PicniK até o momento mais 2 mil empreendedores criativos e 4,5 mil empregos foram gerados.

Atrações

A atração especial fica por conta do coletivo alemão de espírito colaborativo Feathered Sun, representado pelos artistas Raz Ohara (Get Physical) e Jo Ke (Bar25). Além das atrações locais Forró Red Light e Tantra Live, dentre outros DJs da região. Para ninguém ficar parado, tem ainda overdose musical com os DJs residentes Julia Hormann e The Miguelitos.

Já o espaço Mini-Arena traz duas encenações, às 14h e às 17h, do espetáculo Varietê, com a companhia Circênicos. O evento traz também um encontro de publicações indie, zines e ilustradores promovido pelo Incoerente Coletivo. Além de chefs renomados e jovens talentos da gastronomia brasiliense.

Painéis, workshops, espaço zen, BsB Chá Club, exibição de filmes, espaço kids (brinquedos infláveis, pula-pula, acrobacias e oficina de perna-de-pau) e o espaço Marandubinha (área dedicada a recepção de famílias com crianças pequenas dentro do PicniK) completam a programação.

Serviço

PicniK Especial 5 Anos Hoje, das 13h às 22h. No Estacionamento 4 (em frente ao Gibão) do Parque da Cidade (Asa Sul). Acesso livre. Informações: facebook.com/
PicnikNoCalcadao. Classificação livre.

Mundez/Brasília57
Em cartaz até 4 de junho. No Museu Nacional do Conjunto Cultural da República (Eixo Monumental). Visitação de terça a domingo, das 9h às 18h30. Entrada franca. Classificação livre.

A arte de rua invade o museu

Em clima de comemoração dos 57 anos da capital e de 10 anos de existência, o Museu Nacional da República (MUN) recebe a exposição Mundez, que reúne importantes obras do acervo do MUN e do Museu de Arte de Brasília (MAB), além de grafiteiros e convidados que – por meio de suas artes urbanas – interagem com obras de artistas nacionais renomados.

O curador da exposição, Wagner Barja, destaca que a principal intenção da exposição é apagar as fronteiras que estabelecem diferenças entre várias gerações de artistas. “Há uma interlocução que envolve imagens e textos. Esses textos são de personalidades que fizeram diferença na cultura brasileira. E juntos trazem a importância de um Brasil mestiço”, diz.

Dos nomes de grandes obras que marcaram dois séculos da história da arte brasileira e que se encontram no Museu, se destacam Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral, Rubem Valentim, Anita Malfatti, Heitor dos Prazeres, Orlando Teruz, Cícero Dias, Volpi. Já os artistas contemporâneos que interagem com suas artes urbanas são Antônio Delei, Brixx Furtado, Flávio Soneka, Gilmar Gake, Gilmar Satão, Guga Baygon e muitos outros.

“Meu trabalho sempre foi marginalizado, nunca comercial. Por isso, me assustei com a ideia de entrar em uma galeria tão grande. Estou bem feliz por poder viver isso”, declara o grafiteiro Flávio Soneka.

Sucesso de TV ganha os palcos de Brasília

O grande sucesso da TV ganha os palcos de todo o Brasil e Brasília marca a estreia da turnê nacional de O Show da Luna! – Ao Vivo, com apresentações de hoje a domingo, no Teatro Unip (913 Sul), sempre às 15h. A cientista mais querida das crianças vai invadir os palcos com suas perguntas, acompanhada de Júpiter e Cláudio em um espetáculo repleto de canções, dança e fantasia. Criado e dirigido por Célia Catunda, Jonatan Pikolé e Kiko Mistrorigo, a peça é uma produção do núcleo teatral da TVPinGuim. As canções, de autoria de André Abujamra e Márcio Nigro, foram especialmente coreografadas para o show. O espetáculo conta com um grande elenco de bailarinos e atores. Ingressos a partir de R$ 50 (meia-entrada). Informações: 4101-1121. Classificação livre.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA