Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Vídeo: vendedora de concessionária no SIA imobiliza ladrão que tentou assaltá-la

Ana Karolline Rodrigues

redacao@grupojbr.com

Uma vendedora de concessionária no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) imobilizou um homem de 40 anos que tentou roubar seu carro e outros pertences. O crime ocorreu no estacionamento da loja de carros, na manhã desta terça-feira (19).

Rute Bento da Silva, 31 anos, luta Muay Thai há oito anos e conta que chegava ao trabalho, no Trecho I, quando o autor, identificado pela polícia com as iniciais A.M.S.B., entrou pela porta de trás do carro e a puxou pelo cabelo. Quando foi passar a bolsa, Rute saiu do veículo, abriu a porta de trás e começou a desferir chutes e socos no criminoso.

Após a reação, o assaltante tentou fugir, mas foi dominado por ela com o cadarço do sapato dele. A Polícia Militar do DF foi acionada e conduziu todos para a 1ª Delegacia de Polícia. O homem já cumpre pena por estupro em regime semiaberto no Centro de Progressão Penitenciária (CPP), também no SIA. Agora, responderá por roubo.

Por volta das 7h30, Rute chegava ao trabalho quando estacionou o carro e foi abordada dentro de seu próprio veículo. “Ele falou que era um assalto e que estava armado. Então, eu fui observando que ele ficava com a cabeça baixa e vi que estava sem arma, porque estava usando as duas mãos, segurando meu cabelo e a bolsa. Saí do carro, abri a porta do passageiro traseiro e o tirei para fora”, narra. “Como eu faço luta, nós começamos uma briga e comecei a correr atrás dele até pegá-lo. Isso já foi mais ou menos a uns 300 metros [de distância da loja]”, relatou.

Segundo a vendedora, foi apenas após a perseguição que outras pessoas perceberam a situação e acionaram a polícia. “Só depois que ele saiu correndo é que perceberam e foram atras de mim. Depois que ele já estava imobilizado que o pessoal começou a chegar e ligar para a polícia”, contou.

Rute já trabalha na concessionária há dois anos e, no SIA, há sete. Ela afirma que nunca tinha visto caso parecido na região. “Aqui no SIA a gente vê estelionato, mas assim de assalto foi a primeira vez. Porque o movimento é grande, sempre tem bastante carro passando”, disse.

Veja o momento em que o assaltante foi imobilizado:

Passagem por estupro

O delegado de plantão da 1ª DP, Pedro de Melo, confirma que o assaltante já tem passagem na polícia por estupro. “Ele já foi condenado a 30 anos de prisão. Agora estava em regime semiaberto”, disse.

Segundo o delegado, o autor estava amarrado quando policiais militares chegaram ao local e o encaminharam para a delegacia, já por volta das 9h.

Na tarde desta terça, o homem foi encaminhado da 1ª DP para a audiência de custódia. Assim, a Justiça decidirá se ele permanecerá detido ou seguirá em semiliberdade.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas