Vendedor de mel é mordido por cão e preso após ameaçar matar a dona do animal

Shutterstock

Um vendedor de mel foi preso no fim da tarde dessa quarta-feira (6), depois de ser flagrado pela Polícia Militar ameaçando matar a dona de um cachorro que o mordeu. O caso ocorreu na Quadra 2, conjunto G, Setor Norte do Gama. Segundo a PMDF, a corporação foi acionada para verificar a situação de um homem que estava caído no chão naquele local.

Quando chegaram ao endereço, os militares encontraram o vendedor de mel sendo atendido pelo Corpo de Bombeiros depois de ser atacado pelo cão. Ele havia sido mordido ao chegar no portão de uma residência para oferecer seus produtos.

De acordo com a PMDF, enquanto era atendido pelos bombeiros, o homem ameaçou voltar ao endereço para matar a dona do cachorro. Diante do flagrante, o vendedor recebeu voz de prisão e foi levado para a 20ª Delegacia de Polícia. Na DP, ele foi enquadrado no crime de ameaça.

A delegacia vai investigar o caso e apurar se ouve omissão de cautela por parte da dona do animal.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR