Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Roubos a residências aumentam 46,8%. Veja dicas de segurança para condomínios

No Distrito Federal, a cada dia, pelo menos duas casas são alvo da ação dos bandidos. O avanço da criminalidade provocou um aumento de 46,8% no número de roubos a residências nos primeiros nove meses deste ano em comparação ao mesmo período de 2015. As ocorrências tendem a aumentar nesta época do ano, quando começam as férias e as famílias viajam, deixando para trás imóveis vazios e vulneráveis à ação de bandidos.

Ao todo, 684 casas foram invadidas por criminosos entre janeiro e setembro deste ano, contra 466 em 2015. Os números não contabilizam os furtos, já que a Secretaria de Segurança Pública deixou de divulgar esse tipo de ocorrência.

Segundo o especialista em administração condominial Aldo Júnior, conhecido como Dr. Condomínio, os condomínios fechados estão empenhados em diminuir os índices, mas reconhece que precisa melhorar. “Nós gerentes de administração e condomínios precisamos ficar atentos a qualquer tipo de ação fora do normal, principalmente em períodos em que os moradores não estão em casa, que são quando acontecem furtos e roubos”, diz.

Ele declara que é importante estar atento a todas as situações. “Um visitante diferente, algum carro que entrou com os vidros fechados sem saber quem está dentro, por exemplo, são itens que devemos observar – sempre. Todo cuidado é pouco”, explica o especialista.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas