PM inicia patrulhamento com bicicletas

O 4º Batalhão de Polícia Militar do Distrito Federal, localizado no Guará, lançou um projeto em que policiais farão o patrulhamento da região de bicicleta. Na segunda-feira (26), os militares circularam pela área para apresentar os novos equipamentos à comunidade. Segundo a corporação, já há elogios em relação à iniciativa.

De acordo com a PM, a prática foi utilizada em meados da década de 1990 e também em 2004 em todo o DF, mas acabou extinta por falta de manutenção das bicicletas e de investimentos em viaturas motorizadas.  Com a retomada, a ideia é que a ação se expanda para todo o DF, principalmente em parques e ciclovias.

Para o subcomandante do Batalhão do Guará, major Márcio Barbosa, hoje, o uso das bicicletas facilita o acesso a áreas às quais os carros não conseguem chegar: “Houve uma época em que passamos a adquirir viaturas motorizadas, mas, hoje, entendemos que em razão das características dos ambientes, pela grande concentração de pessoas e veículos, o policial numa bicicleta representa um auxilio muito grande”, esclarece. “Por exemplo, na QE 40, onde os carros estacionam nas ruas ou em parques que não entramos com viatura motorizada.”

Publicidade

São 16 bicicletas — doadas por um shopping da região. Doze circularão pelas vias do Guará, escolhido por ter uma grande quantidade de área verde e pistas para ciclistas, enquanto as quatro restantes ficarão na reserva.

Segundo o major, esse tipo de policiamento aproxima o policial da sociedade. “Traz saúde para o policial, que estará em constante atividade física, tem um custo menor, além de uma mobilidade maior. Eu posso utilizar o policial de bicicleta numa área quatro vezes maior que um PM a pé”, compara.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Paz Social, em 2012, o número de roubos (ação com algum tipo de violência) de bicicletas subiu 9,7% no Distrito Federal, passando de 517 ocorrências em 2011 para 567 no ano seguinte.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR