Mulher embriagada e sem habilitação perde o controle do carro e invade casa em Ceilândia

Reprodução/WhatsApp

Eric Zambon
eric.zambon@grupojbr.com

Menos de uma semana após um carro invadir uma casa no Itapoã e vitimar uma criança de 3 anos, outro veículo perdeu o controle e destruiu uma residência, desta vez em Ceilândia. Marilza Dias dos Santos, 48 anos, invadiu uma casa na QNO 13, no Setor “O” na tarde deste domingo (22). A motorista não tinha a Carteira Nacional de Habilitação e dirigia sob influência de álcool. Segundo a Polícia Militar o índice apontado pelo etilômetro (teste do bafômetro) foi de 0,59 miligrama de álcool por litro de ar expelido, quase o dobro do permitido na legislação. A condutora foi encaminhada para a 24ª Delegacia de Polícia (Setor “O”) para ser autuada.

Publicidade

Um vizinho  de onde tudo ocorreu conversou com a reportagem do Jornal de Brasília. Conforme o Adriano Cavalcante, 39 anos, o caso aconteceu no lar de sua tia, vizinho ao dele, por volta das 15h30 e não houve vítimas, já que a mulher estaria no clube.

“É a segunda vez que isso acontece por aqui. Na quinta-feira passada, um ônibus também entrou na minha casa e ficou todo mundo desesperado”, desabafa o homem, que diz ter colocado vigas de ferro na entrada de casa justamente para evitar uma tragédia assim.

Tragédia repetida

Há seis dias, um jovem de 24 anos, supostamente sob efeito de remédios, perdeu controle do carro e invadiu um lar no Itapoã. Um casal e a filha assistiam TV na sala quando foram surpreendidos pelo impacto. Mãe e pai foram levados só Hospital com escoriações, mas a filha não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Fachada da casa invadida no Itapoã.
Fachada da casa invadida no Itapoã.

Aguarde mais informações

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR