MP investiga desaparecimento de selos de autenticação da Administração de Ceilândia

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), por meio de sua Promotoria de Justiça de Ordem Urbanística (Prourb), expediu ofício, nesta quarta-feira (28), para a Administração Regional de Ceilândia a fim de apurar o desaparecimento de selos de autenticidade utilizados em cartas de habite-se, alvarás e licenças.

A Prourb requisitou informações visando identificar quantidade e numeração dos selos desaparecidos, bem como sua eventual utilização de maneira irregular por empresas interessadas em empreendimentos em Ceilândia. Os selos de autenticidade são numerados, impressos em papel moeda e ficavam armazenados em um cofre na Administração.

A unidade administrativa terá o prazo de dez dias úteis para enviar as informações ao Ministério Público.

Publicidade

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR