Garota que agrediu a avó no Recanto das Emas é internada

Foto: Myke Sena

Amanda Karolyne
redacao@jornaldebrasilia.com.br

Depois de diversas tentativas de educar Beatriz (nome fictício), a avó de 64 anos que sofreu agressão física e verbal da neta teve o pedido atendido. A jovem de 14 anos ficará 45 dias na Unidade de Internação de Santa Maria. Resta saber para onde ela vai depois disso. A aposentada espera que a garota melhore o comportamento e, depois, vá morar com a mãe.

O caso de agressão que levou Beatriz a ser detida pela Polícia Militar aconteceu no Recanto das Emas nesta semana. Muito humilde e vulnerável, a vítima alega não ter condições de continuar morando com a neta do jeito que está. “Estou muito doente e de cama, mas tenho que lavar prato, cozinha e banheiro. Ela só me xinga e grita”, desabafa.

A idosa conta que sua filha, mãe de Beatriz, está voltando de Minas Gerais para visitar a garota. Ela relata, porém, que a mulher também tem um histórico problemático, e o pai é “desconhecido”.

“Fui criada com outros 14 irmãos com todo respeito, e criei meus filhos com respeito. Mas minha filha e minha neta são desse jeito comigo”, comenta. A aposentada espera que a filha mude de atitude e se responsabilize pela garota, ajudando-a a voltar a estudar. Por outro lado, também tem esperanças de a neta voltar da internação uma pessoa melhor.

COMPARTILHAR