Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Família pede ajuda para encontrar marceneiro desaparecido

Tainá Morais
redacao@grupojbr.com

A família do marceneiro Nivaldo Francisco Sobrinho, 52 anos, pede ajuda para encontrá-lo. Ele é considerado desaparecido desde o último sábado (7),  quando foi visto em São Sebastião, onde mora.

Segundo familiares, naquele dia Nivaldo foi ao banco com a filha e a esposa. “Minha mãe e eu voltamos para casa e ele ficou na agência, pois queria utilizar outro caixa”, conta a filha do marceneiro, Iane Morais. Ao chegar em casa, Nivaldo pegou um papel, trocou de roupa e saiu sem dizer para onde ia. “Essa última saída foi por volta das 13h45. Ele parecia ter pressa. Deixou celulares e relógio, mas não voltou”, detalha.

Nivaldo é descrito como uma pessoa tranquila e não aparentava estar apreensivo no momento em que saiu de casa. “Ele nunca tomou esse tipo de atitude, de sair e não retornar no mesmo dia. Se tinha algo, de fato não quis verbalizar”, afirma Iane.

O homem foi visto pela última vez na rua da 30ª Delegacia de Polícia, em São Sebastião, onde foi registrada a ocorrência. Ele usava óculos de grau, uma camiseta de cor clara e short bege. A família do marceneiro já fez buscas em hospitais e até mesmo no Instituto Médico Legal (IML), mas não o encontrou.

Ajude a família

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Nivaldo pode ligar para o disque denúncia 197 ou para os números 9 9266-1826/ 99162-7887/ 99108-8718.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas