Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Tá chegando a hora: comemorações do aniversário de Brasília começam com Troca da Bandeira

As comemorações do 59º Aniversário de Brasília, neste domingo (21), começarão a partir das 9h. O Governo do Distrito Federal e a Secretaria de Turismo (Setur) prepararam uma série de atividades para moradores e turistas. O dia iniciará com a solenidade da Troca da Bandeira, na Praça dos Três Poderes. Quem comparecer poderá assistir a apresentações da Esquadrilha da Fumaça, descidas de tirolesa e rapel do alto do prédio do Congresso Nacional, além de outras atrações.

O Centro de Atendimento ao Turista (CAT), da Casa de Chá, passou por um processo de renovação e também será reaberto ao público. O evento será mais uma das ações do programa “Turismo Cívico: Manhã cívica – Brasília: O Brasil começa aqui”.

Além da solenidade militar da Troca da Bandeira, que é composta por desfile militar, apresentação de bandas e salva de tiros de canhões, as pessoas poderão visitar uma exposição de equipamentos e viaturas da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e dos Bombeiros, participar de aulão fitness promovido por uma academia, degustar comidas que serão vendidas por food trucks, e apreciar livros na BiblioSesc, o caminhão de livros do Serviço Social do Comércio.

Para a criançada, muita brincadeira e diversão. O Sesc levará brinquedos infláveis, oficinas de ilustrações e pintura livre. O grupo Circo Teatro Artetude, do DF, também animará a festa. Serão sete artistas, sendo três músicos e quatro palhaços, incluindo malabaristas e perna de pau. Eles farão intervenções artísticas após a cerimônia da Troca da Bandeira.

Turismo Cívico

Desde o início do ano, a Secretaria de Turismo tem se reunido com representantes das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) e da Casa Militar do GDF para agregar atrações à solenidade da Troca da Bandeira com o intuito de aumentar o fluxo turístico na capital e despertar o sentimento cívico em brasilienses e turistas.

Essa é uma das ações realizadas para receber turistas europeus que passarão a visitar a capital após o início do serviço de stopover da TAP. Em diversos países do mundo, o Turismo Cívico atrai milhões de visitantes que querem conhecer o funcionamento político e social do país que visitam e se programam para acompanhar trocas de guarda ou de bandeiras. Além dos Estados Unidos, países como Inglaterra, Alemanha e Argentina investem nesse segmento turístico.

“Antes de tudo, Brasília é a minha cidade. Tenho orgulho de ter nascido nessa cidade linda, que foi criada para conduzir um novo país. Agora é nossa responsabilidade fazer com que este destino se cumpra. Aos 59 anos, Brasília apresenta novos desafios, mas quero olhar para o futuro, criar as condições para que, além de recuperar o orgulho que a cidade representou para todos os brasileiros, a gente possa servir de exemplo para o país”, afirmou o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.

O governador quer que a cidade volte a se inspirar na audácia de JK e no trabalho dos milhares de candangos, que ergueram a capital desafiando todos os obstáculos. “Quero Brasília, de novo, conduzindo os destinos da nação, não apenas como sede dos poderes, mas como cidade bem administrada e de gente feliz”, disse.

Para a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, Brasília tem vocação para o Turismo Cívico. “Vamos dar início às comemorações do aniversário da nossa capital oferecendo para o público uma manhã cívica repleta de atividades que aliarão patriotismo, cultura e diversão”, explicou. De acordo com ela, a ideia é consolidar o Turismo Cívico da cidade no Brasil e no mundo, assim como ocorre em Washington, capital dos Estados Unidos, que recebe, anualmente, mais de 20 milhões de turistas e tem na indústria do Turismo a sua maior economia.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas