Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Casal que agrediu garoto de na Octogonal não responderá por ação penal

ação penal

Da redação
redacao@grupojbr.com

O famoso caso de um casal que segurou um garoto de seis anos para que o próprio filho pudesse desferir um soco na criança terminou com um acordo sem ação penal. A agressão que ocorreu ainda em dezembro de 2018 foi filmado por câmeras de segurança e gerou indignação.

Danielle Santos e Alexandre de Jesus foram vistos entrando em uma quadra de esportes na Octogonal após o filho tropeçar em uma bola. Pensando que a criança tinha brigado com outra Alexandre a segura para que o filho pudesse lhe dar um soco. Posteriormente, Danielle ainda empurra o menor.

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal acolheu o acordo entre o Ministério Público e o casal para que não houvesse uma ação penal. Tanto Alexandre, quanto Danielle terão de fazer doações no valor de R$ 5 mil, cada. A instituição ajuda será Associação Brasileira de Assistência às Pessoas com Câncer (Abrapec).

No caso de Alexandre, a justiça ainda acrescentou a proibição do homem em sair do DF por 30 dias sem avisar ao juiz e não frequentar locais que induzam a prática de crime, como bares e botecos.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas