Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Às vésperas de manifestação, Força Nacional cerca Ministério da Educação

Da redação
redacao@grupojbr.com

Com quase 24 horas de antecedência, o Ministério da Educação (MEC) já se prepara para as manifestações em prol da educação superior — e contra o contingenciamento — esperadas para esta quarta-feira (15). Uma solicitação feita pela própria pasta para a Força Nacional posicionou homens nas principais entradas do prédio deste esta terça-feira (14).

De acordo com o secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, a presença da Força Nacional é apenas para evitar danos ao patrimônio do local. Vogel ainda completou lembrando que o procedimento é padrão em casos como este: “Temos de estar preparados para evitar qualquer tipo de problema. Simples assim”.

A medida de cercamento do MEC é uma resposta a uma série de manifestações nacionais durante uma paralisação da educação superior, que inclusive engloba estudantes da Universidade de Brasília (UnB). As manifestações são uma resposta a uma política — que o governo federal chama — de contingenciamento de gastos para a educação superior.

Desde o começo do mês, uma série de cortes no orçamento foram apresentados às instituições de ensino. Como uma das justificativas para o bloqueio, o ministro da educação, Abraham Weintraub, afirmou que os recursos foram contingenciados porque as instituições não apresentaram desempenho acadêmico satisfatório, e que também porque promoviam “balbúrdia”.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas