Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Ano letivo no DF começa com mais 106 ônibus escolares

Os alunos da rede pública de ensino do DF contarão com o reforço de 106 ônibus escolares. Os veículos, que integram o projeto “Caminho da Escola”, estão prontos para rodar, 22 deles entram em circulação no início das aulas, na próxima quarta-feira (5), o restante começa a operar nas semanas seguintes.

Mais de 10 mil estudantes da educação integral e do ensino especial – que residem em áreas rurais ou distantes da escola – serão beneficiados. A frota conta com 54 ônibus com 59 lugares; 20 com 48 lugares e 32 micro-ônibus com 23 lugares. Todos os veículos são adaptados para deficientes físicos e os motoristas e monitores são capacitados para trabalhar com crianças e adolescentes.

Segundo o secretário de Educação, Marcelo Aguiar, “a frota com os 106 ônibus será distribuída conforme as necessidades regionais, sendo alguns para Brazlândia (que já terá ensino integral) e outros para a educação especial”.

Os veículos fazem parte de uma parceria entre o GDF e o governo federal. O investimento foi de aproximadamente R$ 22 milhões.

O transporte dos estudantes será gerenciado pela Sociedade de Transporte Coletivo de Brasília (TCB), responsável por garantir a manutenção dos ônibus, que atendem todos os padrões de qualidade e segurança exigidos pelo Inmetro.

VANTAGENS 

Entre as características oferecidas pelos ônibus e micro-ônibus está a padronização da identidade visual, em cores preta e amarela, com a inscrição “Escolar”, o que facilitará o reconhecimento do veículo por outros motoristas que trafegam nas vias. Além disso, estão presentes requisitos como cinto de segurança e adaptação para pessoas com deficiência. Os veículos são mais altos e têm tração nas quatro rodas para fazer trajetos tanto nas áreas urbanas, quanto nas rurais.

CAMINHO DA ESCOLA

O programa “Caminho da Escola”, criado em 2007, tem como objetivos renovar a frota de veículos escolares, garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar, ampliando, por meio do transporte diário, o acesso e a permanência na escola dos estudantes matriculados na educação básica da rede pública de ensino.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas