Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Segurança que matou rapaz em supermercado é indiciado por homicídio

A Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro indiciou, por homicídio com dolo eventual, o segurança Davi Ricardo Moreira Amâncio, acusado de matar um jovem por sufocamento, no dia 14 de fevereiro, em um supermercado da Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade. O inquérito será encaminhado à Justiça.

Pedro Henrique Gonzaga foi morto dentro do supermercado Extra, depois que Davi Amâncio o imobilizou com um mata-leão (golpe em que a pessoa sufoca a outra com uma chave de braço) e ficou sobre a vítima durante algum tempo. O segurança alegou que Pedro tentou roubar sua arma e que aplicou o golpe para se defender. Mas, para a polícia, a vítima não oferecia mais risco à integridade do segurança quando ele imobilizou o jovem.

Em vídeos na internet, é possível ver o segurança com o golpe encaixado e deitado por cima do rapaz, que está imóvel no chão, aparentando estar inconsciente. Vozes aparentemente dos clientes advertiam o vigilante de que ele sufocaria o jovem, já desmaiado. Porém, visivelmente nervoso, o segurança manda que as pessoas fiquem caladas.

Parentes do jovem morto contaram que ele era doente mental e dependente químico. A família negociava tratamento médico para rapaz. Em depoimento à polícia, a mãe contou que estava no caixa quando começou a confusão.

Irregular

Davi Ricardo Moreira Amâncio não poderia estar trabalhando como vigilante, por já ter sido condenado a três meses de prisão em regime aberto por lesão corporal depois de agredir uma ex-companheira, após uma discussão por ciúmes. Ele teria dado vários socos no rosto da mulher na frente dos seus filhos. A condenação o impediria de trabalhar como vigilante, curso que fez em maio de 2017, sendo contratado em dezembro do mesmo ano. A condenação pela agressão saiu dias após a contratação.

 

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas