Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Campeã Aglaé Giorgio morre aos 75 anos

A ex-ala/pivô da seleção, Aglaé Ernesta Giorgio, de 75 anos, faleceu sexta-feira, informou, nesta segunda, a Confederação Brasileira de Basquete. Entre outros títulos, ela foi campeã sul-americana pelo país em 54, no Brasil, e medalha de bronze nos Jogos Pan-americanos de 55, no México.

Aglaé nasceu no dia 15 de julho de 1930, em Curitiba, e alcançou também o vice-campeonato continental no Paraguai, em 1952, o quarto lugar nos Campeonatos Mundiais do Chile, em 53, e no Brasil, em 57. Em sua carreira defendeu apenas três clubes: Círculo Militar (PR), Fluminense (RJ) e Curitibano (PR).

Nas competições oficiais, Aglaé marcou 154 pontos em 40 jogos pela seleção brasileira principal. Em 2003, esteve presente na festa dos 70 anos da Confederação Brasileira de Basquete, onde foi homenageada pela conquista da primeira medalha de ouro do basquete feminino no Campeonato Sul-Americano de 1954.
Para o presidente da CBB, Gerasime Grego Bozikis, a morte de Aglaé foi uma grande perda para o esporte. “O basquete perdeu uma atleta que honrou a camisa verde-amarela. Foi uma jogadora que defendeu o Brasil com muito orgulho e dedicação, conquistando vitórias importantes para o esporte. Além disso, contribuiu para a divulgação do basquete no país e no mundo”, disse Grego.
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas