Siga o Jornal de Brasília

Sem Firula

Que sábado

Bem, apenas o clássico argentino entre River Plate e Boca Juniors, decidindo a Libertadores da América, já serviria para tornar este sábado um dia especial para quem gosta de futebol.
Depois do empate em 2 a 2 no jogo de ida, na Bombonera, a finalíssima será no Monumental de Nuñez – e, vejam só, marcará o fim das decisões em dois jogos no continente.
Como na decisão, ao contrário das demais fases do mata-mata, não há o chamado “gol qualificado”, qualquer empate levará a briga pelo troféu para os pênaltis.
Quem ganhar, claro, leva o caneco, a grana e a vaga para o Mundial de Clubes, mês que vem, nos Emirados Árabes.
Esse é o aperitivo internacional.
Por aqui as emoções também serão intensas.
Neste sábado, apenas pela Série B.
Fortaleza e Goiás já asseguraram seu acesso à elite.
Temos duas vagas com três pretendentes.
E, vejam só, quis o destino que houvesse um confronto direto nesta última rodada.
Avaí e Ponte Preta jogarão na Ressacada. Um empate assegura a vaga do time catarinense. Já a Macaca…
Bem, se a partida terminar empatada, a equipe de Campinas pode perder seu lugar para o CSA que estará jogando em Caxias do Sul, contra o rebaixado Juventude.
A situação é tão interessante que se o time alagoano perder Avaí e Ponte Preta passam juntos à Série A independente do resultado.
Na outra ponta da tabela, para o rebaixamento, resta um lugar. E tem muita gente brigando para não ocupá-lo.
Hoje é o Paysandu quem está na triste 17ª posição.
Mas Criciúma, Oeste, CRB e, porque não, até Figueirense e São Bento correm riscos.
Tudo dependerá da combinação de resultados.
Como o Papão da Curuzu joga em casa, contra um desinteressado Atlético Goianiense, sua vida pode ser facilitada para escapar.
Esperemos, apenas, que não façam nenhuma falcatrua para que os jogos comecem realmente no mesmo horário.

Mudanças
Os resultados de quinta-feira alteraram fortemente as possibilidades de rebaixamento na Série A.
O Vasco, em São Januário, bateu o São Paulo e viu suas chances de queda caírem para apenas 4%. Para quem estava com mais de 20%…
E, agora, o Vasco depende apenas de si para escapar. Se bater o Flamengo, neste domingo, ajuda o Flamengo e se safa de vez – mas será que os vascaínos querem isso ou preferem esperar até a última rodada, quando o Ceará será o rival?
Por falar no Vozão…
A vitória sobre o rebaixado Paraná deixou a equipe cearense também praticamente livre das ameaças de queda.
Se bater o Atlético Paranaense neste fim de semana, escapa. Caso contrário, terá, como já foi dito, o jogo contra o Vasco para escapar.
Quem se complicou muito foi o Sport.
Derrotado pela Chapecoense, em Santa Catarina, o time pernambucano se prepara para muito sofrimento nas duas rodadas finais.
Sem entrar em campo, o América Mineiro melhorou suas chances – tudo por conta da fraquíssima atuação do Fluminense diante do Bahia.
O tricolor carioca continua precisando de apenas três pontos, mas como o último jogo será justamente contra o Coelho…

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas