Siga o Jornal de Brasília

Sem Firula

O culpado

O meio feriado de terça-feira serviu para o início daquelas confraternizações de fim de ano.
A primeira foi da turma do mais novo no colégio.
Dois barris de chope encomendados (60 litros), pizzas, refrigerantes…
Mulheres falando ali, crianças brincando ali e os homens…
Bem, discutindo futebol.
Os flamenguistas provocavam os demais.
Chegaram a perguntar a vascaínos e tricolores se trocariam ver seu time ser campeão nacional pela certeza de não rebaixamento de seus times.
Ficaram sem resposta, mas continuaram provocando.
Os tricolores estavam irritados com seus cartolas. Chegaram até a elogiar a postura dos jogadores.
Os mais revoltados eram os vascaínos.
Criticavam os cartolas, os jogadores e… O Santos!
Na opinião dos torcedores, o Vasco só corre perigo de cair, ainda, porque o Santos é um time “mequetrefe”.
Apaixonados, os vascaínos lembravam que se o Peixe tivesse feito sua parte, derrotando Chapecoense e América Mineiro, seria praticamente impossível que o rebaixamento ainda ameaçasse seu time.
Claro que todos os rivais começaram a rir, mas…
Pensando bem, e sem excluir a responsabilidade do próprio, a grande verdade é que o Santos, nesta reta final de Brasileiro, está atrapalhando a vida de um monte de gente – e não é só o Vasco, não.
Há três rodadas, no Pacaembu, o Peixe perdeu para a Chapecoense.
Foi a primeira vitória da equipe catarinense fora de casa.
Se descontarmos os tais três pontos, a Chapecoense cairia para 34 pontos ganhos e oito vitórias.
Estaria cinco pontos atrás do Vasco, com nove em jogo e enfrentando, nesta quinta-feira, o Sport – outro que briga para não cair.
No domingo passado, o Santos foi a Belo Horizonte e perdeu para o América Mineiro.
Nas contas de todos os rivais, o Coelho não marcaria pontos, afinal, o Santos está (estava?) brigando para beliscar uma vaguinha na Libertadores.
Os mineiros venceram.
Seguindo a mesma linha de raciocínio aplicada à Chapecoense, o América Mineiro também estaria com 34 pontos ganhos, oito vitórias e cinco pontos atrás do Vasco.
E tendo enfrentado o Palmeiras, brigando pelo título, nesta quarta-feira (título que, se conquistado, facilitaria a vida do Vasco…)…
Resumindo: para os vascaínos, a culpa maior dos problemas do seu time é o Santos.
Exagero, é claro, mas bom mote para uma tarde conversas.
Pensando bem, contudo, o Santos é o maior culpado dos problemas do próprio Santos.
Tivesse conquistado os tais seis pontos que fazem falta ao Vasco (e ao Fluminense, ao Corinthians, ao Sport…), a equipe da Vila Belmiro estaria, hoje, a um ponto do Atlético Mineiro, pertinho da vaga na Libertadores.
Acho que a galera do Peixe é quem tem, sim, razões para protestar.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas