58 leitos reabertos

Com a posse de 112 novos servidores na Secretaria de Saúde, a pasta anunciou que será possível reforçar as equipes e reabrir 58 leitos de UTI. “Um dos grandes motivos pelos quais os leitos são bloqueados é a falta de profissionais”, discursou o secretário Humberto Fonseca, na cerimônia de posse.

3 mil servidores

No evento, que ocorreu antes da divulgação do sequestro de um bebê no Hospital Regional da Asa Norte, o governador Rodrigo Rollemberg reiterou sobre a importância de se reativar os leitos. “Hoje temos muitas pessoas já com classificação de risco que não conseguem um leito e isso não pode acontecer”, disse. O chefe do Executivo destacou, ainda, o que considera um feito da gestão dele: desde 2015, mais de três mil servidores já foram contratados para a Secretaria de Saúde.

Soluções de tecnologia

A Escola de Contas do Tribunal de Contas do DF promove o curso “Contratação de Soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação”, voltado para os servidores do Governo do DF que atuem nessa área. A capacitação será de 26 a 29 de junho e as inscrições podem ser feitas pelo site do Tribunal, de 12 a 19 de junho.

Debate sobre as reformas

o Sindicato dos Servidores da Assistência Social e Cultural do GDF (Sindsasc-DF) promove, hoje, um debate sobre as reformas trabalhista e previdenciária. Marcado para as 19h, na sede da entidade, na Asa Norte, o encontro reúne filiados; o presidente do Conselho Federal de Economia, Julio Miragaya; e a advogada especialista em direito previdenciário, Thais Riedel.

Perto do colapso

O deputado Israel Batista (PV) aproveitou a audiência pública para avaliação das metas fiscais do governo local, ontem, na Câmara Legislativa, para pedir a atenção do governo para a manutenção do sistema socioeducativo do DF, que, segundo ele, pode levar o sistema ao colapso. E pediu a imediata nomeação de servidores concursados para dar suporte aos trabalhos de segurança e ressocialização dos internos do sistema socioeducativo.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR