O caminho

Agora, é até a final.
A CBF realizou ontem pela manhã, na sede da entidade, o sorteio que definiu os confrontos das quartas-de-final da Copa do Brasil e, por tabela, como ficarão os cruzamentos das semifinais. Se nesta fase não teremos nenhum clássico regional, a semifinal pode nos brindar com um Flamengo x Botafogo.
Como a Copa do Brasil virou uma mini-Libertadores, pelo menos para os times brasileiros, não estranhem se nos próximos meses tivermos uma enxurrada de partidas repetidas, ora valendo por um torneio, ora por outro (e ainda tem o Brasileiro para complicar a vida do torcedor).
O Palmeiras, atual campeão, vai encarar o Cruzeiro (único “não Libertadores”) nas quartas-de-final. O Flamengo, terceiro colocado do Brasileiro de 2016, encara o Santos, vice-campeão nacional. Haverá um duelo alvinegro entre Atlético Mineiro e Botafogo e os dois times do Sul do país irão enfrentar-se (Atlético Paranaense x Grêmio).
Favoritos? Hoje o colunista apostaria numa semifinal carioca e, do outro lado, na continuação do sonho do bi pelo Verdão, contra o tricolor gaúcho. E esta composição é excelente para o rubro-negro carioca, que não tem mais a Libertadores para se preocupar.
Sem validade
Há tempos a situação de Dorival Junior não era boa no Santos.
Adepto da teoria “eu ganhei, eles perderam”, o treinador justificava todos os insucessos colocando-se de fora dos problemas. Os jogadores não suportavam mais a situação, mas a cartolagem, sabe-se lá a razão, resistia.
Sábado a confortável posição (do treinador) tornou-se insustentável. A derrota para o Corinthians (e a falta de futebol apresentado) não deixou opção aos cartolas, que demitiram o treinador na tarde de sábado.
Ao contrário do que acontece em outras equipes, a medida parece ter sido uma surpresa, tanto que ontem pela manhã o Santos ainda não tinha um substituto escolhido para a função.
O mais engraçado é ver alguns comentaristas estranharem a demissão lembrando que o Santos está classificado na Copa do Brasil e na Libertadores, mas esquecendo os fiascos no Campeonato Paulista e nas primeiras rodadas do Brasileiro.
Perigo
Os técnicos das equipes brasileiras começam a viver noites de insônia.
A razão é simples: está chegando a janela de transferência para o exterior.
Com exceção do Flamengo, que parece navegar no sentido contrário (vendeu Vinicius Junior por mais de R$ 140 milhões e promete repatriar um ou dois jogadores), todos os outros sabem que quando os europeus ou chineses começarem a oferecer seus dólares e euros será difícil segurar os seus jogadores.
O Corinthians teme desmontar, de novo, o time que conseguiu construir e ocupa a vice-liderança do Brasileiro; o Fluminense, que incluiu valores da venda dos direitos de algum jogador no orçamento, já recebeu sondagens de Portugal por Wendell, uma de suas maiores revelações dos últimos tempos; no Grêmio, Renato Portaluppi já disse estar preparado para perder “um, dois e até três jogadores”.
Resta esperar com que apetite os times europeus irão às compras.
Ontem, a Fiorentina já anunciou a compra dos direitos econômicos de Vitor Hugo, ex-Palmeiras, por oito milhões de euros – e olha que o Verdão nem parece estar com a corda no pescoço em termos de grana…
Xô zebras
Uma das semifinais do Mundial sub-20, que está sendo realizado na Coreia do Sul, fora definida no domingo: Venezuela (sim, Venezuela) x Uruguai.
Ontem, Itália (pela primeira vez na história) e Inglaterra superaram, respectivamente, Zâmbia e México, garantindo seus lugares na outra semifinal.
A vaga italiana foi conquistada no sufoco. A Azzurra ficou duas vezes atrás no placar. A segunda, já aos 39 do segundo tempo e com um jogador a menos. Mas os meninos italianos foram buscar a vaga histórica na prorrogação. Para os ingleses foi mais fácil: os mexicanos não mostraram condições de brigar pela vaga em momento algum.
Agora, com exceção da Vino Tinto (Venezuela), as outras três seleções têm tradição no futebol mundial. Pena que os torcedores sul-coreanos ainda não tenham descoberto o torneio.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR