Sarney vai a Temer

Acompanhado de sua filha, a ex-governadora Roseana Sarney, o ex-presidente José Sarney fez uma visita de cortesia, política e religiosa ao presidente, para o bem do Brasil. É claro que a conversa foi sobre a situação atual do país e também do Maranhão.

Mulher do céu

Eu gozo de um privilégio que poucos tem no mundo espiritualista, por ser afilhado desta santa mulher, que Deus nos deu, que é a diretora-presidente do Recanto de Maria – REMA, dona Irene Pacheco. Para ela não importa a idade, trabalha para a proteção dos mais necessitados e já começou a comandar uma equipe de “anjos” para elaborar os presentes para o Natal deste ano. Deus seja louvado, dona Irene.

Primeira reunião

O presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, Fernando Collor, presidiu ontem a primeira reunião do órgão. Colocaram em votação projeto de lei que visa entregar as armas apreendidas nas mãos dos bandidos para o Exército. Nas próximas reuniões surgirão as sabatinas aos embaixadores.

Crise funerária

Com a crise financeira que o Brasil passa, não há perdão, nem consideração por parte dos credores. Até mesmo os anúncios fúnebres foram afetados pela crise econômica. Além de menores, agora são pouquíssimos. Quando eu morrer, não quero choro nem vela. Quero uma fita amarela, gravada com o nome dela: Mara.

Posse no STF

Será na próxima quarta-feira, dia 22, a posse do novo ministro Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Mores.

Brasília em forma!

A segunda edição do projeto “Agora vai”, criado pela Cia Athletica de Brasília, já tem uma nova data: 20 de março a 20 de abril. Voltado para alunos da academia e também para não alunos, durante um mês, grupos – montados aleatoriamente – serão desafiados a perder peso com qualidade e, para isso, professores e nutricionistas da academia os acompanharão, com a prescrição de treinos e dietas específicas para cada um dos participantes. Ao final, a equipe ganhadora receberá como prêmio descontos nas mensalidades da academia.

Caixa 2

O Caixa 2 já existe há muitos e muitos anos. Eu mesmo participei do Caixa 2 quando tinha 15 anos, em 1949, quando lá no meu Paraíso mandava-se os caminhões sem lona buscar os eleitores nas fazendas. A eleição era com cédulas únicas para todos os cargos, de presidente a vereador, e quando ficavam juntas, dobradas, recebiam o nome de “marmita”. Os piaus chegavam, desciam no quintal da casa, já tinham prato feito, recebiam um envelope com algum trocado e eram levados até a boca das urnas pelos braços das madames.

Inocentes

Este jogo de compra de votos, pela quantia paga, não deixa de ser um fato não inocente. É um crime como os de hoje, não importando a quantia. Eu tenho pena do Janot e dos demais respeitados procuradores da República. Todo este trabalhão para acabar em “pizza”, como eu já tinha cantado de galo que seria.

Bela homenagem

Os presentes ao “VI Beco das Letras – Sarau Poético” promovido pela Academia Taguatinguense de Letras ainda se manifestam com emoção e alegria por todo o ocorrido. O presidente Gustavo Dourado preparou com todo carinho o evento totalmente voltado para homenagear as mulheres. A entidade entregou diploma alusivo ao “Dia Internacional das Mulheres” a 30 personalidades das artes, para advogadas, professoras, jornalistas, entre outras. No evento, Raimundinha Serra Azul ladeada por Gustavo Dourado e pelo filho, o procurador Regional da República, Marcelo Antônio Ceará Serra Azul.

COMPARTILHAR