Brasil: o primeiro do mundo

O glorioso slogan que a nossa bandeira ostenta pelo mundo afora, Ordem e Progresso, deveria ser retirado do Pavilhão Nacional. O Brasil, que é esse “gigante pela própria natureza”, até que já chegou a fazer jus ao slogan. Hoje o nosso país é o mais comentado no mundo pelos desentendimentos dos Três Poderes, pela incompetência de vários deputados eleitos por aí e pelo Judiciário, e agora recebe o título de “o maior delator do mundo”. Que tristeza.

Economia

Publicidade

Todos acreditavam que a presença de Henrique Meirelles – que ontem já demonstrou uma esperança com a economia começando a sair da UTI -, teria condições de resolver o que foi reduzido a pó. Não adianta nada o presidente ouvir partidos políticos e agora chamar o ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga, esquecer o PSDB e outros partidos, inclusive o seu. Tem que tomar as medidas necessárias, se ele for capaz, para solucionar os problemas da Nação. Pobre Temer, entrou em uma fria que não esperava. Mas, sabia…

Domingo feliz

Foi comemorado na intimidade, ao lado do seu querido José e de suas amigas mais próximas, netos e bisnetos, o aniversário de dona Marli Sarney, que estava felicíssima.

Exemplo da Colômbia

Com esse trágico acidente, mais triste do que trágico, que acabou com a Chapecoense, a Colômbia deu um exemplo ao Brasil e a muitos outros países da sua medicina. Em pouco tempo os cadáveres foram identificados e rapidamente preparados, e os que sobreviveram foram atendidos com assistência médica impecável. Aqui seria uma demora para tudo isso.

LAMIA

O avião que caiu era da companhia LAMIA. Vamos lá: Lamia é um demônio da mitologia grega, com corpo de mulher que se alimentava de homens, crianças e viajantes. Coincidência? O que leva alguém a chamar sua empresa aérea com nome de um demônio? Essa sem dúvida é uma boa pergunta que provavelmente ficará sem resposta. Por que a única mulher a bordo do avião sobreviveu? Segundo a mitologia, Lamia se alimentava de homens, de sua semente. Que irônico, não é?

Voo de emergência

Uma emissora de televisão transmitiu um filme que o nome era “voo de emergência”.
Mais irônico ainda, 29/11/2016: 29+11+20+16=76 mortos.
Superstição ou coincidência?!
1996 cai avião dos Mamonas; 2006 o da Gol; 2016 o avião da Chapecoense. Juntos todos os três, 666. Os sinais estão próximos.
“Eis que venho sem demora; guarda o que tens para que ninguém tome a tua coroa” – Apocalipse 3:11

Expertise

Murilo Buso, superintendente do Centro de Câncer de Brasília, está na Áustria. O oncologista participa do Congresso da Associação Internacional para Estudos de Câncer de Pulmão, que acontece em Viena. O evento apresentará resultados das pesquisas recentes mais relevantes.

Caravana no Pontão

A noite desta terça será mágica no Pontão. O complexo gastronômico e de entretenimento recebe a Caravana Iluminada da Coca-Cola. Papai Noel e os Ursos Polares, as estrelas do comboio natalino composto por nove caminhões, encantarão os visitantes das 20h30 às 22h. Durante a permanência, o coral Koinomia apresentará cantata natalina com duração de 20 minutos.

Imperdível

No Programa Gilberto Amaral que vai ao ar hoje, às 21h30, no Canal 12 da NET, entrevistas imperdíveis com Maria Teresa e João Vicente Goulart, a viúva e o filho de Jango.

Piantella

Omar Resende Peres, o Catito, convidando para jantar de reabertura do restaurante Piantella, nesta terça-feira, às 20h.

Lançamento

As master coaches Ana Carolina Mendonça e Janaína Bortoluzzi comandam sessão de autógrafos do livro “Empreendedor Total”, no Carpe Diem do Brasília Shopping, às 19h30. 5% do valor total das vendas será convertido para o Instituto Chamaeleon.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR