A fazendinha de JK

Poucas vezes estivemos na fazenda de Juscelino (foto), em Luziânia, onde ele passou os últimos anos de sua vida. Ele recebia muito pouca gente e uma das mais assíduas era a saudosa Vera Brant, além de seu primo Carlos Murilo e Déa.

Caiu do cavalo

Publicidade

As duas vezes que fomos à fazendinha foi para a inauguração da capelinha e a outra para o batizado da neta de JK, Júlia, filha de Márcia. Juscelino tinha um grande amor pela fazenda. Não sabia andar a cavalo e um dia foi tentar e caiu no chão. Ficou com um hematoma na perna e não pôde dançar depois da macarronada, na casa do Ildeu de Oliveira. Ficou sentado a noite toda.

Naquela noite

Ele estava muito preocupado com o projeto de confisco de seus bens que seria decidido naquela noite. Eu tinha a informação, mas não lhe passei porque quem me contou, o jornalista diretor da Manchete Sérgio Rossi, disse-me que eu só poderia falar se ele me perguntasse.

Geisel

No dia seguinte, quando Carlos Murilo o levava ao aeroporto, JK comentou que havia esquecido de me perguntar se eu sabia de algo. Eles me ligaram e eu disse que sabia, mas que estava proibido de informar a não ser que ele me indagasse.

O ex-ministro da Justiça de Juscelino e então ministro da Justiça de Geisel levou o processo de confisco dos bens para decisão do então presidente, no que Geisel foi peremptório: “rasgue-o. Queime-o”.

No palanque

Agora é para valer. No dia 12 o presidente Obama sobe no palanque em Charlotte, Carolina do Norte, para apoiar a candidatura de Hillary Clinton. Nas palavras dele, este é o ponto de partida de sua entrada na corrida presidencial a favor de Mrs. Clinton e contra Donald Trump.

Plano Safra

O presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, lançou ontem, no edifício sede do BB, o Plano Safra julho 2016 a julho 2017, que disponibilizará 101 bilhões.

De olho na herança

Nem bem se foi, o cantor Prince, que deixou um patrimônio estimado entre 100 e 300 milhões de dólares, já ganhou uma infinidade de herdeiros. Enquanto seus advogados tentam localizar o testamento deixado pelo cantor, foram registradas mais de 20 petições de diferentes partes em nome de supostos herdeiros. Fora estes, que já oficializaram sua queixa, há os que ainda pretendem fazê-lo.

Furnas Sustentável I

Furnas conquistou mais um importante prêmio com o case do Furnas Educa, que passa a integrar o Ranking Benchmarking 2016, um dos mais respeitados Selos de Sustentabilidade do Brasil. A empresa ficou na quarta colocação no Ranking dos Legítimos da Sustentabilidade entre as 17 empresas finalistas.

Furnas Sustentável II

Na edição 2016, especialistas de vários países avaliaram e selecionaram organizações e cases detentores das melhores práticas socioambientais brasileiras. O Furnas Educa é um programa educacional que estimula a conscientização de crianças e adolescentes sobre o uso da energia elétrica sem desperdício, a importância de se preservar os recursos hídricos e o meio ambiente. Nos últimos três anos, o programa já percorreu mais de 450 escolas e instituições sociais em cerca de 78 municípios, se apresentando para mais de 150 mil crianças e fazendo suas mensagens serem multiplicadas para aproximadamente 600 mil pessoas.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR