Siga o Jornal de Brasília

Esplanada

Presidente do Senado vai fazer mudanças na Polícia da Casa

Novo presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP) vai fazer mudanças na Polícia Legislativa da Casa, informam aliados. Há anos a cúpula do departamento é ligada a Renan Calheiros (MDB-AL), seu rival vencido na disputa para o comando da Mesa.

 

Alcolumbre quer uma Polícia fiel, na escolta e na varredura antigrampo mensal que pretende realizar no seu gabinete. Em 2016, a Polícia Federal prendeu quatro policiais legislativos suspeitos de prejudicar investigação contra senadores. Eles foram defendidos por Renan na atuação de varreduras nos gabinetes contra supostos grampos.

 

Olho neles

 

O Ministério Público Federal em Minas cerca empresas prestadoras de serviços à Vale, no setor da barragem, que seriam ligadas a deputados federais do PT e MDB no Estado.

 

Contra-aborto

 

Homem forte da Igreja no Senado, Eduardo Girão (Pode-CE), do Pró-Vida, lutará pela PEC que institui a “inviolabilidade do direito à vida desde a concepção”.

No cantinho

 

Fred Costa (MG) assumiu a Liderança do Patriota na Câmara Federal, numa salinha no subsolo do Anexo IV, na antiga liderança do PHS.

 

Fome dos novatos

Os novatos na Câmara usam a proximidade com o presidente Bolsonaro para justificar um festival de egos. Kim Kataguiri (DEM-SP) queria a presidência da Casa (desistiu). Líder do Governo, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO) sofre resistência de todos os pares. E agora a novata Bia Kicis (PSL-DF) faz campanha online forte com deputados para ser escolhida presidente da comissão mais poderosa, a de Constituição e Justiça.

 

Sem demérito para os três citados. Não há regras contra. Mas há tradição da Casa de buscar os mais experientes nos mandatos, lembram parlamentares.

 

Por falar no Major Vitor Hugo, ele, servidor da Câmara até ano passado, vez ou outra aparecia na porta do gabinete de Bolsonaro atrás de foto com o ídolo. E levava claque.

 

Ficha do Garibaldi

 

Com o arquivamento feito pelo ministro Edson Fachin, do STF, semana passada, o ex-presidente do Senado Garibaldi Alves Filho pode se considerar ficha limpa. “Não existem mais processos ou investigações contra ele”, comemora o advogado Erick Pereira, que representa Garibaldi no STF.

 

Tão perto..

 

Na última quarta-feira, os ministros Paulo Guedes (Economia) e Gilmar Mendes (STF) estavam a poucas mesas de distância na Trattoria da Rosário, em Brasília, e não se viram. Ou não quiseram se ver.

 

Aliás, Guedes tem evitado holofotes, mas exagera. Recusou fotos com admiradores no mesmo restaurante em outra ocasião. Estava ao lado de Sallim Matar, dono da Localiza locadora de carros, Secretário das Privatizações do Planalto.

 

Sobre o Galo

 

Um atento folião que participa há anos da festa alerta: com o risco de tantos helicópteros sobre a multidão, e com a tecnologia avançada, seria mais prudente as emissoras de TV utilizarem drones para captação de imagens.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Mais lidas