Maluf blindado

Enquanto a Polícia Federal detinha ontem o deputado federal Celso Jacob (PMDB-RJ), condenado pelo Supremo Tribunal Federal à prisão por maracutaias de quando era prefeito, o ex-prefeito e também deputado Paulo Maluf (PP-SP) circulava faceiro pelo Congresso, a despeito de o próprio STF ter cassado seu mandato e o condenado a 7 anos de prisão por lavagem de dinheiro. Quinze dias depois da condenação, a Mesa Diretora ainda não recebeu a notificação da Corte para afastar e deter Maluf.

Meia volta!

Publicidade

A última condução de Maluf pela PF foi hilária, revelada pela Coluna: Em 2012, foi retirado de avião no aeroporto JK após se recusar a passar no scanner do embarque.

Presidente

Michel Temer tem dois votos de vantagem no pleno do TSE para permanecer no Poder.

Linha sucessória

São tensas as reuniões de Temer com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Ele reclama da aproximação de Maia com opositores. Conota articulação para sucedê-lo.

Novo formulário

O banco suíço Julius Baer Group adotou série de medidas para autorizar a abertura e fiscalizar contas mantidas por brasileiros. Também pudera: pela instituição, circulou dinheiro proveniente dos esquemas de corrupção na Petrobras e JBS.

Equação

De acordo com Joesley Batista, o Julius Baer foi usado para movimentar recursos ilícitos para abastecer campanhas do ex-presidente Lula e da presidente cassada Dilma Rousseff. Também passaram pela instituição papéis que levaram à prisão Jorge Zelada.

Ah, procurador!

Uma coincidência, apenas. Ou não. Um dos principais cotados para a sucessão de Rodrigo Janot na Procuradoria Geral da República, o vice-procurador-eleitoral Nicolao Dino tirou férias em meio ao turbilhão do julgamento no TSE da chapa Dilma-Temer.

Lula lá…?

A Câmara, que lança frente parlamentar com a naturalidade com a que o povo cria bloco de Carnaval, terá mais esta: o PT cria hoje a Frente Mista pelas Diretas Já.

Vendeta

Jornalistas de BH comemoram a prisão de Andréa Neves com ‘memes’ nas redes. As frases mais repetidas: “Vai censurar o carcereiro!”, e “E aí, Andréa, gostou da pauta?”

Sobrevida 1

Há uma afinidade entre os advogados de Temer e Dilma: a tese de que as delações devem ficar fora do processo eleitoral. Quem levantou pela primeira vez a questão foi o eleitoralista Luiz Fernando Pereira, do Vernalha Guimarães & Pereira Advogados.

Sobrevida 2

Pereira aponta que caso o TSE decida pela cassação, a saída de Temer pode demorar meses. Além da publicação, é preciso aguardar o julgamento dos embargos de declaração. A decisão também é passível de recurso no STF, mas sem efeito suspensivo. O que pode deixar Temer no cargo até que a Corte julgue o recurso.

Novelão

Continua a novela do jogo de empurra sobre o pedido de extradição de Joesley Batista. O autor, deputado José Carlos Aleluia, mostrou à Coluna documento protocolado no Ministério da Justiça – que até ontem… tentava encontrar o ofício.

Bom exemplo

A prefeitura de Feira de Santana (BA) criou a UNAMACS – Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável de Feira, a primeira da Bahia e do Norte/Nordeste e a terceira do Brasil.

Celeridade

Levantamento da Knowledge21, que pratica a transição digital de empresas e pessoas por método ágil –que valoriza a automatização de serviços e entrega em menor escala de tempo – mostra crescimento de 109% em seu faturamento comparado a 2016.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA