Filhotes de Dória

Espelhados em João Dória Jr, prefeito de São Paulo, empresários decididos a entrar para a política encabeçam listas de apostas para candidaturas aos Governos de Estados. Em Goiás, o advogado Djalma Rezende, aquele do casamento de R$ 8 milhões – com o vídeo-ostentação que ‘viralizou’ no Youtube – admitiu para amigos que pretende se candidatar ao Palácio das Esmeraldas. O Movimento Brasil Livre quer lançar em São Paulo Flávio Rocha, dono da rede Riachuelo, para o Palácio Bandeirantes.

Bolso aberto

Publicidade

Djalma, com seu jeitão caipira, caiu no gosto do povo goiano. É generoso. Deixou um cheque de R$ 100 mil para a Igreja Universal numa visita a São Paulo.

Calma, Fraga

No DF, o deputado linha-dura Aberto Fraga (DEM) almeja o Palácio Buriti e ataca o governador com o slogan que usa contra o PT: “Rollemberg é praga, a solução é Fraga”.

Fica, Joesley…

O Ministério da Justiça negou ontem o pedido de extradição de Joesley Batista, feito pelo deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA).

Argumentos

Na nota oficial, o MJ justifica: “Não há sentença condenatória ou decretação de prisão nem ele é foragido”. Ele se mudou com a família para os Estados Unidos.

A outra mala

Henrique Alves foi preso por suspeitas de maracutaias na Arena das Dunas e, quatro anos depois, até agora a Polícia Civil de Brasília, uma das mais preparadas do País, não sabe o que aconteceu no misterioso roubo de R$ 100 mil numa mala com o motorista do então deputado. E nem Henrique explicou direito de onde vinha e para onde ia a grana.

Fantasma…

Uma das vítimas em Londres teria sido abatida pela polícia e não por terroristas. É um espanhol que se levantou em meio a um tiroteio, e o caso está ocultado pelas autoridades da Grã Bretanha às vésperas da eleição para evitar impacto no pleito.

…de Jean

A informação é de um espanhol que conhecia a vítima e enviou um áudio para amigos que moram no Brasil. Se confirmado, será o segundo caso de erro grave dos policiais, após a tragédia envolvendo o brasileiro Jean Charles.

Com Gilmar ?

Um dos idealizadores da Ficha Limpa, Márlon Reis crava que a decisão sobre a chapa Dilma-Temer no TSE será por voto de minerva do presidente Gilmar Mendes.

A conferir

Márlon argumenta que o escândalo da JBS pode ter mudado a opinião dos ministros. “A tendência hoje é de 3 votos para cada lado que levaria ao desempate pelo presidente Gilmar Mendes”. Fontes da Coluna afirmam que Temer tem dois votos de vantagem.

Saudoso Enéas

Enéas Ferreira Carneiro, o Dr. Enéas, famoso personagem da política brasileira, falecido há 10 anos, volta à lembrança no espetáculo “Meu nome é Enéas – o último pronunciamento”, com o ator pernambucano Márcio Fecher, vestido a caráter.

Cerco Olímpico

O deputado Marco Antônio Cabral (PMDB-RJ) quer satisfações sobre o legado olímpico. Apresentou dois requerimentos na Comissão de Esporte. Um para que o prefeito Marcelo Crivella fale da responsabilidade do município; e outro para visita técnica ao Parque de Deodoro.

Lavoura arcaica

O presidente Michel Temer tenta, sem sucesso, passar um clima de normalidade no Governo em meio ao julgamento no TSE. Anunciou os investimentos na Safra 2017/18 as os holofotes todos foram para o pleno do tribunal.

Tô nem aí

Deputados da base pressionam o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a acelerar a tramitação das mudanças na lei de abuso de autoridade aprovadas pelo Senado. Ele resiste e sequer marcou data para instalação da comissão especial de análise.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR