Um goiano para a Fazenda

O governador Rodrigo Rollemberg busca um novo nome para emplacar na Secretaria da Fazenda do DF, depois da saída de João Fleury do posto. E foi buscar em Goiás um provável ocupante para o cargo. É Simão Cirineu Dias, que já comandou a Fazenda de lá por dois anos, e foi sondado pelo chefe do Executivo para o cargo. Atualmente, Cirineu mora em Brasília, onde é chefe de gabinete da Representação de Goiás no DF.

Currículo

Publicidade

Conhecido pelo pulso firme, Cirineu é bacharel em Ciências Econômicas e já foi também secretário de Fazenda de Minas Gerais; de Planejamento do Maranhão; secretário adjunto do Tesouro Nacional e até da Fazenda Nacional; já foi ministro interino da Integração Nacional, pasta onde também ocupou o cargo de secretário executivo; no Ministério do Planejamento, foi secretário executivo; e, no Banco Central de Fortaleza e do Rio de Janeiro, delegado.

Se o prefeito disse…

A imprensa oficial do Governo de Goiás enviou aos jornalistas do estado uma mensagem em que ressalta uma opinião curiosa: “‘Eu torço para que o senhor seja o próximo presidente do Brasil’, disse a Marconi Perillo o prefeito de Vila Propício”. Ah, você quer saber quem é o prefeito com informação de tamanha relevância. O dono dessa opinião que precisava ser divulgada aos quatro ventos é Cirlei Araújo (PTB), 46 anos, e administrador de uma cidade de pouco mais de cinco mil habitantes. Durante a visita do governador de Goiás ao município do leste goiano, a notícia mais relevante a ser divulgada pela comunicação oficial era a de que o prefeito diz que, “neste momento de dificuldades, o Brasil precisa de um gestor experiente e competente como o Marconi para sair da crise”. Será mesmo que o tucano mais poderoso do Estado de Goiás acha que é mesmo assim que ele vai convencer o PSDB de que ele é o melhor nome do partido, agora que o senador afastado Aécio Neves está enrolado até o dedão do pé com a Justiça?

Quase um vidente

Foi também o notável prefeito que já escolheu o atual vice-governador como sucessor de Perillo no governo: “José Eliton (PSDB), depois de oito anos de estágio com o senhor Marconi Perillo, estará apto para ser o próximo governador de Goiás.” Então tá falado, senhor prefeito.

Mesa garante: processo será transparente

A Mesa Diretora da Câmara Legislativa divulgou nota, em que garante que a escolha da banca responsável pelo próximo concurso da Casa ˜será feita de maneira transparente, tendo como norte para a realização do certame a busca pela parceria com instituições de reconhecida relevância nacional na realização de exames similares”. E garante que “não há, por parte dos membros, qualquer tipo de relacionamento, vinculação ou predileção por instituição prestadora de concursos públicos”.

Sem pressões

Conforme a nota, todo o procedimento de escolha – que deve ocorrer em duas semanas – será feito pela busca da melhor banca para a realização de tão esperado concurso, “não cedendo a pressões”. E, por fim, avisa que “a população de Brasília (e do País), que aguarda a chance de entrar para os quadros da Câmara Legislativa, merece respeito e transparência”.

Com que roupa

A reação do deputado Ricardo Vale (PT) à portaria que regulamenta os trajes proibidos no Plenário da Câmara Legislativa causou perplexidade e até revolta entre alguns servidores e parlamentares. Perplexidade porque a norma é uma cópia quase idêntica de regulamentações para o acesso ao Senado, ao Tribunal de Justiça do DF e a outros órgãos. Revolta porque Vale diz que a medida é autoritária, quando a Polícia Legislativa defende que a proibição de bonés, por exemplo, é uma forma de garantir a visualização de visitantes e, portanto, a segurança das pessoas bem intencionadas no Plenário. Um parlamentar chegou a lembrar que Vale atuou como faz no Plenário: “Discursando como oposição, mas se vestindo conforme a situação”.

Tira o chapéu?

Vez ou outra, o deputado distrital Lira (PHS) aparece no Plenário usando um chapéu estilo Panamá. Os colegas brincavam ontem na Casa, depois da divulgação da portaria da Polícia Legislativa que proíbe a entrada de bonés “salvo autorização do presidente da sessão ou da Polícia Legislativa”, questionando se o parlamentar de São Sebastião teria de pedir autorização antes de chegar ao Plenário.

Dia do Leite

O badalado médico Dráuzio Varella é o convidado especial de um evento em alusão ao Dia Mundial do Leite, na próxima segunda-feira, na Câmara dos Deputados. A Associação Brasileira das Pequenas e Médias Cooperativas e Empresas de Laticínios (G100), em parceria com a Frente Parlamentar em Defesa da Bovinocultura de Leite, aproveita a data instituída pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO/ONU) para alertar a população sobre a importância dos lácteos para a manutenção de uma alimentação equilibrada e saudável.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA