Tribunal derruba propaganda do PT

O PSB pediu e o Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE-DF) suspendeu a propaganda eleitoral do PT que critica o governo Rollemberg. Na decisão da desembargadora Carmelita Brasil, uma fala da deputada federal Erika Kokay (PT-DF) é destacada. Nas inserções do partido, ela compara o gestor local ao presidente Michel Temer e diz Rollemberg “faz o pior governo da história” e trata, de forma “desumana” o povo da capital.

“Increpações injuriosas”

Publicidade

A desembargadora cita a Lei Eleitoral, que é clara: a propaganda partidária gratuita tem por objetivos exclusivos a difusão dos programas partidários, a transmissão de mensagens aos filiados, a divulgação da posição do partido em relação a temas político-comunitários, a promoção e a difusão da participação feminina. “As propagandas veiculadas contém increpações injuriosas ao governador. As fortes críticas foge ao objetivo da propaganda partidária, notadamente se com elas não há qualquer exposição acerca das propostas do representado sobre os temas político-comunitários apresentados”, diz Carmelita, na decisão.

Em busca de apoio

Incansável na jornada de tentar provar a inconstitucionalidade da lei que reforma a previdência dos servidores do DF, o deputado distrital Wasny de Roure (PT) foi ao Ministério Público do DF, ontem, para buscar apoio do procurador-geral Leonardo Bessa à representação que ele apresentou no órgão, sugerindo uma ação direta de inconstitucionalidade. Bessa prometeu analisar com atenção a demanda do petista.

Assédio

Servidores da Saúde alegam perseguição e assédio moral do Governo do DF, que recuou do pagamento das pecúnias de quem se aposentou de 16 a 26 de janeiro do ano passado. Conforme o SindSaúde, havia acordo prévio para que os valores fossem pagos no fim do mês passado, o que não aconteceu.

Perseguição

A entidade alega que servidores de outras áreas já receberam. E é por este motivo que vai buscar os órgãos de controle, judiciários, trabalhistas e de direitos humanos para denunciar o que chamam de “assédio moral e perseguição” aos servidores da Saúde.

A largada do PT

O PT marcou para a noite de segunda-feira a largada do partido para 2018, quando farão o lançamento de um projeto intitulado “O DF e o Brasil que o povo quer” para formular um programa para o partido em níveis local e nacional. O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) e outras lideranças de partidos aliados, de movimentos sociais e sindicais são esperados no evento, no Teatro dos Bancários.

Mais que nomes

“Diferente de outros partidos que se resumem a uma discussão de nomes para disputar os espaços de poder, o PT quer dialogar com a população sobre um projeto democrático e popular para o Brasil e o DF. Nosso objetivo é formular um programa que esteja conectado com o cenário pós-golpe, marcado pela retirada de direitos e retrocessos nas políticas públicas”, explicou a deputada federal Erika Kokay, que preside o partido no DF.

Arlete de volta

Na nota distribuída pelo partido, uma fala da ex-vice-governadora do DF e ex-deputada distrital, Arlete Sampaio, dá dicas de que ela vem com tudo para a disputa eleitoral. “Vamos construir coletivamente um projeto para governar o DF e o Brasil”, diz ela, que foi nomeada a coordenadora local do projeto “O DF e o Brasil que Povo Quer”.

Bico

Não foi nada ameno o tom do governo na resposta à decisão do PDT de assumir posição de independência em relação à gestão de Rodrigo Rollemberg. E olha que nem foi oposição que eles decidiram fazer…

Morno

Aliás, a resolução do partido soou muito mais como uma subida no muro do que qualquer outra coisa. Tem gente graúda no Buriti convencida de que o que se queria, na verdade, era obter mais concessões em termos de espaço na administração.

Congresso médico impulsionará turismo de eventos no DF

Será em Brasília o Congresso Brasileiro de Angiologia e Cirurgia Vascular marcado para 2021, Já tem até endereço, o Centro Internacional de Convenções do Brasil. Dentre todos os congressos médicos da atualidade, o especializado em angiologia e cirurgia vascular costuma ser um dos que mais reúne profissionais da área, o que representa uma forte injeção no setor turístico das cidades em que se reúne. É um impulso na vocação de Brasília para o chamado turismo de eventos, de peso cada vez maior nas economias desenvolvidas.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR