Tempos de alianças improváveis?

O senador Cristovam Buarque (PPS) é um dos nomes mais citados pelo advogado Ibaneis Rocha, que pretende concorrer ao Governo do DF. Ele diz, que assim como o senador, defende uma grande aliança e reunião de ideias para salvar Brasília. Embora reconheça que os planos do PPS Nacional podem naufragar uma candidatura própria ao Palácio do Buriti, o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no DF (OAB-DF) diz que pretende contar com as ideias do senador para o projeto de campanha dele, principalmente na área de educação. Assim como pretenderia ouvir Jofran Frejat (PR) para formular políticas públicas para a área de saúde. O nome de Joe Valle (PDT), presidente da Câmara Legislativa, está entre os que são considerados como pessoas sérias da capital pelo advogado. Mas seria possível uma aliança entre PR, PDT, PPS e Ibaneis Rocha?

Dinheiro bloqueado

Publicidade

Ainda licenciada depois de dar à luz o filho Benjamin, a deputada distrital Sandra Faraj (SD) teve R$ 142 mil bloqueados pela 5ª Vara de Fazenda Pública, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. O valor é exatamente o mesmo do contrato com a empresa de publicidade NetPub, que acusa a parlamentar de dar o calote. A defesa da deputada, que tem se dedicado integralmente à maternidade, sustenta que os valores foram pagos à empresa e que a distrital seria vítima de vingança de ex-funcionários do gabinete.

Bênção

Enquanto a direção nacional do PSDB dá as cartas no DF, apontando uma aliança com o PSB, para desespero do deputado federal Izalci Lucas, Alírio Neto (PTB) ostenta a benção do presidente nacional do partido, Roberto Jefferson. Foi no Twitter que o deputado federal cassado fez elogios ao pupilo brasiliense: “Alírio Neto é delegado de polícia, ex-secretário de Estado, parlamentar, candidato do PTB ao Governo do Distrito Federal com o meu apoio”, escreveu.

Próximo passo

Foi em um escritório confortável e todo moderno, perto dos tribunais federais, que o ex-presidente da OAB-DF, Ibaneis Rocha, recebeu o Jornal de Brasília para falar sobre os planos dele para 2018. E, durante a entrevista, fez questão de dizer que, alcançado um nível de realização profissional, é chegada a hora de contribuir mais com Brasília.

Carteirada

Motorista de transporte por aplicativo de Brasília, para chamar a atenção para a sua imunidade a blitz, relata aos passageiros que sempre telefona a um deputado federal da capital para se livrar de autuações. E diz que o dito cujo, se preciso for, vai até o local defender os eleitores. “Pode ligar, ele atende todo mundo”, conta. “E também não custa nada contribuir com a campanha de graça”, avisa o moço, dando a dica de como se pode retribuir o “favorzinho” do parlamentar.

Agora vai

A executiva regional do PT passou o sábado em reunião “preparando táticas eleitorais” para o ano que vem. Nas fotos que registraram os trabalhos, risos largos. Será o PDT o motivo da alegria do partido do ex-governador Agnelo Queiroz?

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR