Quórum foi baixo no encontro com Frejat

A reunião do bloco Sustentabilidade e Trabalho com Jofran Frejat teve duas baixas. Nem o presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle (PDT), nem o deputado distrital Reginaldo Veras (PDT) foram ao encontro organizado por Israel Batista (PV) e Chico Leite (Rede). Veras, que recentemente foi operado para recuperação de um tendão, alegou uma sessão de fisioterapia marcada para o mesmo horário. Oficialmente, a conversa é de que nada está fechado e o diálogo do encontro, de quórum baixo, foi apenas sobre as necessidades da capital federal.

Destrava, Brasília
O setor produtivo lança este mês o movimento Destrava, Brasília. E pretende, com a ação, cobrar do Palácio do Buriti medidas para agilizar a concessão de alvarás, Habite-se e licenças para construção de postos de gasolina, shoppings e outros empreendimentos. O presidente do Sindicato do Comércio Varejista do DF, Edson de Castro, diz que o governo tem que fazer algo para reduzir os 330 mil desempregados do DF. “Um empreendimento fechado significa muita gente sem dinheiro para sobreviver”, observa.

Publicidade

Mais transporte
O movimento também quer que o governo amplie os horários para o Metrô e ônibus durante a madrugada. “Muitos trabalhadores de bares e restaurantes dormem nos bancos frios das rodoviárias”, explica Edson.

Dia dos Pais mais gordinho
As vendas para o Dia dos Pais, dia 13, domingo próximo, no comércio do Distrito Federal devem crescer 3 contra 2,5 da mesma data no ano passado. O gasto médio com presentes para o dia deve ficar em R$ 160 contra R$ 155 de 2016.

FGTS ainda rende
Um fator está contribuindo para o aumento do faturamento do comércio. É a liberação da última parcela de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS. Muita gente recebeu o dinheiro, quitou dívidas e agora está usando o restante para comprar presentes.

Para onde foi o dinheiro
Dos que receberam os recursos, 64% utilizaram para pagar dívidas (universidades, prestação do carro, condomínio, etc.) e 36% foram às compras, revela estudo.

Alerta
O Conselho Regional de Farmácia do Distrito Federal (CRF-DF) diz estar preocupado com a falta de reagentes para a realização do teste de detecção da carga viral em portadores do vírus HIV nos estoques do laboratório central da Secretaria de Saúde. A presidente da entidade, Gilcilene Chaer, alerta que, no prognóstico e acompanhamento dos pacientes, a carga viral ajuda a prever o quanto a doença está em evolução. “O exame é tão importante que prevê a facilidade de transmissão do vírus para outra pessoa, por exemplo, quanto maior a carga viral maior o risco de transmissão do HIV”, explica.

Carona
Durante a sessão do Câmara em Movimento, ontem, no Itapoã, a deputada distrital Liliane Roriz (PTB) fez questão de ressaltar as contribuições do ex-governador Joaquim Roriz para a região. “Meu pai impediu que a polícia retirasse pessoas do Itapoã. Minha família selfie esteve aqui com os moradores desta cidade”, discursou. Dois mil e dezoito, né?!

Por que?
Evangélico e defensor de uma modalidade de família que está longe de ser modelo, o deputado distrital Rodrigo Delmasso (PTN) reagiu prontamente à notícia de que a Disney prepara uma animação com uma família que tem duas mães. “Por que não temos filmes que fortalecem a importância da família tradicional?”, questiona o parlamentar, que ainda diz respeitar: “Claro que temos que respeitar, mas não dá para aceitar essa agenda de destruição dos valores e princípios da família.”

A tal família tradicional
Esquece o deputado que a grande maioria dos filmes, histórias, fábulas, animações etc só reproduziram a família tradicional em seus textos? O comentário dele foi postado no Facebook no mesmo dia em que um grupo de mães de Brasília discutia um recado enviado por uma escola particular que convidava os pais para uma homenagem. “Se os papais não puderem ir, enviem parentes, como avô ou tio. Só não vale a mamãe”, diz o recadinho entregue pelas crianças em casa.

Trolado é ele
O senador Cristovam Buarque (PPS) é trolado nas redes sociais e, agora, diz ter sido vítima de hackers, que teriam entrado na conta dele, no Twitter, e, segundo a assessoria dele, curtido fotos de mulheres nuas, “aparentemente menores de idade”. Teriam sido, conforme o senador, três ataques em dias diferentes: o primeiro deles, em 7/8/17, com uma imagem curtida; e, no dia seguinte, outras duas fotos também foram curtidas; ontem, a conta voltou a ser invadida e, segundo o gabinete de Cristovam, uma quarta foto foi novamente curtida. O parlamentar registrou boletim de ocorrência na Polícia Legislativa do Senado e na Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA