Agentes penitenciários terão de esperar (mais)

Agentes penitenciários aprovados no último concurso podem ter de esperar ainda mais para tomar posse. O Instituto Brasil de Educação (Ibrae), empresa que ganhou a licitação para o curso de formação para os futuros servidores, quer ministrar as 450 horas-aulas à distância. Com a negativa do governo em aceitar a proposta e a perda de recurso na Justiça, o Ibrae pode desistir do contrato e a licitação ser cancelada. O governo, no entanto, tem pressa em nomear os aprovados, já que tem intenção de inaugurar quatro novas unidades prisionais até o fim do ano.

Para 900

A capacitação está prevista para 900 aprovados, incluindo os do cadastro de reserva. Para início imediato, conforme o governo, são previstos 200 nomeações imediatas, sendo 40 para pessoas com deficiência.

Publicidade

Urgência

Quem identificou os problemas na execução do contrato foi o deputado distrital Cláudio Abrantes (Rede), que foi à Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe) ontem. “Visitaremos também a Secretaria de Planejamento e a Procuradoria-Geral do DF para tentar encontrar uma solução rápida. Tanto os aprovados precisam assumir os cargos quanto o sistema penitenciário precisa de servidores urgentemente”.

Com educador físico mesmo

Aulas de educação física sob o comando de profissionais da área estão garantidas em toda a rede pública do DF, se o projeto de autoria do deputado Julio Cesar (PRB), aprovado na Câmara Legislativa, for sancionado pelo governador Rodrigo Rollemberg. O parlamentar, que é o presidente da Frente Parlamentar do Esporte e já foi secretário do Esporte no DF, trabalha fortemente pelo segmento na capital.

Brinks

É piada até nos corredores do Palácio do Buriti que os deputados Chico Vigilante (PT) e Agaciel Maia (PR) se revezam na função de líder de governo na Câmara Legislativa.

Beltrame na Câmara

Já estão bem adiantadas as negociações para trazer o famoso-para-sempre-secretário de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, para a próxima edição do ciclo de palestras “Diálogos Inspiradores – Brasília a cidade que queremos”, projeto do presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle (PDT).

Lento, nada.

Se o processo de envio da mensagem para equiparação salarial dos policiais civis com os federais está andando em ritmo lento no Palácio do Buriti? “Nada. Se estivesse lento, estava bom. Mas está tudo parado mesmo”, responde o presidente do Sinpol-DF, Rodrigo Franco, o Gaúcho.

57 anos

Foi o secretário das Cidades, Marcos Dantas, que representou o governador Rodrigo Rollemberg, ontem, na sessão solene em homenagem ao aniversário de 57 anos de Brasília, na Câmara Legislativa. Reduzir as “contradições sociais e urbanas” é o principal objetivo da atual gestão, conforme discursou o presidente afastado do PSB. Para ele, o maior desafio da capital está em igualar a “Brasília real” à “Brasília planejada”, no sentido de garantir qualidade de vida, acesso à serviços públicos e oportunidades de desenvolvimento para todos.

Uma só Brasília

“Estamos trabalhando para que as nossas regiões administrativas alcancem o mesmo índice de desenvolvimento humano e de qualidade de vida que caracteriza a área central”, garantiu Marcos Dantas.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR