Cristovam pode dividir

A candidatura à reeleição do senador Cristovam Buarque (PPS) é uma preocupação dos partidos que se organizam para disputar o comando do Palácio do Buriti. Como ele precisaria de um candidato ao governo para dar suporte aos planos dele, articuladores temem que as siglas de centro e direita se dividam e derrotar o governador Rodrigo Rollemberg seja uma tarefa mais difícil. Buarque, em que pese os desgastes que vêm passando, ainda teria capital político, avaliam. E, por isso, pode se valer de um nome novo para se aliar e construir a candidatura para o ano que vem.

A união
Tanto que um discurso que já vem se sustentando entre políticos de todos os lados: é preciso reunir forças para dar esperanças a Brasília. É isso que vai justificar as coligações mais bizarras que surgirem adiante.

No PRB

Ex-secretária da Criança do DF, a delegada Jane Klebia Reis é a mais nova filiada ao PRB, do deputado distrital Julio Cesar Ribeiro. A promessa do presidente da sigla, Wanderley Tavares, é de que a candidatura dela para deputada distrital estaria garantida, com campanha forte do partido. Nesta formatação, a secretária de Esporte, Leila Barros, e o próprio Julio Cesar alçariam voos maiores, com destino ao Congresso Nacional. Será possível?

Próximo passo

Foi em um escritório confortável e todo moderno, perto dos tribunais federais, que o ex-presidente da OAB-DF, Ibaneis Rocha, recebeu o Jornal de Brasília para falar sobre os planos dele para 2018. E, durante a entrevista, fez questão de dizer que, alcançado um nível de realização profissional, é chegada a hora de contribuir mais com Brasília.

Lá do Piauí…

Natural de Piripiri (PI), Alírio Neto (PRB) disse que tem “convicção” de que o próximo governador do Distrito Federal será um piauiense. Na disputa, tem Jofran Frejat (PR), que nasceu em Floriano, e Ibaneis Rocha, que lembra ter raízes no estado, apesar de ter nascido na capital federal.

Fábrica de memes

Na semana passada, dois episódios da política local alimentaram a fábrica de memes da capital: os chinelos do Professor Jordenes e a discussão entre Chico Vigilante (PT) e Robério Negreiros (PSDB), que quase trocaram tapas em plena Câmara Legislativa. É quase impossível reproduzir tudo o que circulou nas redes sociais nos últimos dias.

Na pauta

Está marcado para amanhã o julgamento do processo que trata do concurso da Câmara Legislativa do DF, no Plenário do Tribunal de Contas do DF. A tendência é de que, com algumas recomendações, os conselheiros liberem o contrato estabelecido entre a Casa e a Fundação Carlos Chagas (FCC). Um novo edital, no entanto, deve ser publicado e as datas das provas, previstas inicialmente para dezembro, seguramente serão alteradas.

Milhões

Um dos aspectos que mais chamam atenção na história é o valor das inscrições, que ficará quase que integralmente com a banca escolhida. Isso é o que motivou as representações protocoladas pelas concorrentes da FCC, o Instituto Quadrix e a Funrio.

Licença médica

Deputada distrital, Liliane Roriz (PTB) está novamente de licença médica. Conforme publicação do Diário Oficial da Câmara Legislativa, o prazo total de sete dias vai expirar só no fim desta semana.

Por enquanto…

O PR deu uma espécie de licença ao deputado distrital Agaciel Maia (PR) para exercer a liderança de governo na Câmara Legislativa. No ano que vem, no entanto, se tudo ficar como está, o posto pode ficar insustentável.

Cadastre-se para receber as notícias do Jornal de Brasília.

COMPARTILHAR